tipos de tecido para estampar camisetas

Tecido para estampar camisetas: a melhor malha para cada tipo de impressão

Um dos principais critérios que você precisa avaliar na hora de confeccionar a sua camiseta personalizada é em relação ao tecido para estampar camisetas. Isso porque ele irá garantir a qualidade e durabilidade da peça, fatores que devem ser avaliados juntamente ao seu objetivo.

Mas afinal, será que você sabe escolher quais são as melhores malhas levando em conta cada tipo de impressão? E, antes disso, você sabe qual é o tipo de impressão que mais irá te atender? Pensando nessas questões resolvemos fazer um post para te ajudar a definir qual tecido para estampar camisetas é o ideal para você. Continue a leitura e confira!

Tipos de impressão para camisetas: serigrafia e sublimação

Antes de escolher qual é o tecido ideal, resolvemos te explicar sobre os tipos de impressão mais usados no mercado para que você possa entender as suas vantagens e quando eles são mais indicados, o que certamente ajudará na sua escolha. Veja só:

Serigrafia

Considerado um dos tipos de impressão mais utilizados para estampar camisetas, a serigrafia (também conhecida por silk screen) é uma técnica que utiliza várias telas vazadas para realizar a estampa no tecido.

Para que seja possível, é necessário utilizar várias telas, sendo uma correspondente a cada cor da estampa. Ou seja, se a estampa tiver cinco cores, você utilizará cinco telas diferente para a realização da estampa, podendo reaproveitá-las posteriormente.

É um processo que pode ser realizado de forma mecânica (por pessoas) ou por máquina (automática) e que pode ser aplicado não apenas em tecido, mas também em outros tipos de materiais, como: papel, borracha, madeira e vidro.

São vantagens da serigrafia:

  • Possibilidade de impressão em tecidos escuros;
  • Excelente custo x benefício, especialmente para pedidos de grande triagem;
  • Possibilidade de reaproveitamento de matriz;
  • É bastante flexível e permite a personalização de qualquer tipo de camiseta ou produtos em tecido

Já as desvantagens desse tipo de impressão são:

  • Não é indicado para estampas de muitas cores e detalhes;
  • Em alguns casos, a retícula da estampa pode acabar ficando grossa e prejudicar na qualidade da peça (especialmente se o processo tiver sido feito manualmente).

Sublimação

Já o tipo de impressão sublimação, que também é muito utilizado para camisetas de diversos fins e em diversos tecidos, acontece sem a necessidade de telas. Aqui o processo acontece com a utilização de papeis, tintas especiais e sublimática.

A sublimação funciona da seguinte forma: em um primeiro momento você deve realizar a impressão utilizando um papel, tintas especiais e sublimática. Em seguida, o papel será

prensado sobre o tecido em alta temperatura e pronto! A camiseta personalizada já estará pronta e poderá ser usada.

São vantagens da sublimação:

  • Há a possibilidade de impressão de estampas ricas em detalhes (como por exemplo: fotos e estampas de alta complexidade);
  • Processo bastante rápido (basta imprimir a matriz com tinta sublimática e prensar no tecido);
  • Pode ser escolhido para impressões em pequenas triagens.

Já como desvantagem do tipo de impressão sublimação podemos citar:

  • Não possibilidade de impressão em diversos tipos de tecido, limitando apenas para tecidos brancos e com, no mínimo, 80% de poliéster.

Tecido para estampar camisetas: veja quais são os principais e o tipo de impressão suportadotecidos para estampar

Como dissemos anteriormente, a impressão em sublimação só é possível em tecidos que apresentam 80% ou mais de poliéster e em cores brancas. No entanto, existem diversas opções de tecido que enquadram nessas condições.

Já a serigrafia (ou silk screen) acaba sendo mais democrático nesse sentido, aceitando diversas opções de tecidos e ainda tecidos de outras cores, inclusive na cor escura.

Veja abaixo quais são os tipos de tecido para estampar camisetas e suas características:

Malha Algodão

Esse é um dos tecidos para estampar camisetas que mais se destacam no que se diz respeito à qualidade e durabilidade. Portanto, vale ressaltar que este só é aceito para impressão por silk screen (ou serigrafia), já que é confeccionado com 100% algodão.

A malha de algodão está disponível em diversas espessuras (fios 24.1, 26.1, 28.1, 30.1, 40.1 e 50.1), sendo o algodão 30.1 o mais usado para camisetas personalizadas.

Além disso, vale ressaltar que o algodão pode ser encontrado com dois tipos de fios: cardados e penteados, possuindo cada um deles características específicas. Veja abaixo:

  • Malha de algodão fio 30.1 cardada: a malha cardada é considerada de qualidade inferior quando comparado ao fio penteado. E isso se justifica pelo fato de não passar pelo tratamento especial da penteadeira, na qual o principal objetivo é retirar as fibras curtas e evitar a formação de bolinhas no tecido (pilling) e/ou irregularidades do fio (neps). Por outro lado, o algodão 30.1 cardado ainda apresenta qualidade e durabilidade satisfatórios e é muito utilizado para: camiseta de eventos, brinde para empresas e presentes.
  • Malha de algodão fio 30.1 penteada: já o fio penteado possui um tratamento superior, uma vez que passa pelo processo da penteadeira em que as fibras curtas e toda a impureza do tecido possa ser eliminado. Assim, a malha fica muito mais resistente, durável, macia e com melhor aparência. Contudo, o seu preço tende a ser mais elevado e costuma ser muito utilizada para: camisetas com estampas diferenciadas e mundo da moda.

Malha PV (Malha Poliviscose)

Com composição 67% de poliéster e 33% de viscose, a malha PV possui um efeito mais lavado quando comparada às malhas 100% algodão. Por outro lado, oferece benefícios como: preço mais acessível, maciez, não há necessidade de passar, é mais resistente ao pilling (formação de bolinhas), é resistente e seca rápido.

Pode ser usada para impressões tanto em sublimação, quanto em serigrafia. Mas é bom lembrar que para impressão em sublimação é necessário que o tecido seja branco. É muito comum utilizar a malha Poliviscose para a confecção de: uniformes e camisetas escolares.

Helanca

A helanca é uma excelente opção para impressão em sublimação, uma vez que tem em sua composição fios sintéticos 100% poliéster. Dentre suas vantagens podemos citar: preço baixo, boa elasticidade, durabilidade e não amassa (não havendo assim a necessidade de passar). Esse tecido para estampar camisetas é muito utilizado para a confecção de abadás e camisetas para eventos.

Malha PP

Assim como a helanca, a malha PP é mais uma opção de tecido para impressão de camisetas que dá muito certo com a sublimação. Com composição 100% poliéster, a malha PP possui aspecto brilhante e acetinado, possibilidade para impressão em excelente qualidade gráfica, não amassa e é muito resistente e durável.

Dry Fit

O Dry Fit refere-se a um tecido muito utilizado para camisetas esportivas e de moda praia, uma vez que é criado a partir de fibras sintéticas que possibilitam a evaporação do suor e a não absorção de muita água.

Além disso, é um material leve, confortável e que consegue manter a temperatura do corpo regular, mesmo em dias quentes.

O Dry Fit está disponível em duas versões, são elas: dry poliéster e dry poliamida. No dry poliéster, o tecido é confeccionado com 100% de poliéster e possui características como: baixo custo, fator anti encolhimento e boa resistência para produtos químicos.

Já o dry poliamida é confeccionado com 100% de poliamida, um dos tecidos mais nobres do mercado têxtil, e suas principais características são: toque macio, leveza, resistência e seca rápido.

Piquet (Pólo)

A malha Piquet (também conhecida como Pólo) possui composição de 50% algodão e 50% poliéster, fazendo com que as fibras naturais (algodão) deem mais confortabilidade e frescor à peça, enquanto as fibras sintéticas do poliéster dão maior resistência e preço acessível.

Esse é um tecido para estampar camisetas muito utilizado para: uniformes profissionais e para camisas promocionais.

Malha PET

Esse é o tecido mais correto ecologicamente dessa lista. E a razão disso é que possui em sua composição algodão e embalagens PET, proporcionando excelente durabilidade e qualidade.

Neoprene

Por fim, o neoprene é mais um tecido que possui poliéster em sua composição e apresenta diversos benefícios como: alta flexibilidade, resistência, elasticidade e proteção térmica. Por isso, vem sendo muito utilizado para roupas de esporte aquático ou esportes em geral.

E aí, conseguiu compreender quais são os principais tipos de tecido para estampar camisetas e as suas principais características? Esperamos que sim! Agora é hora de avaliar, levando em consideração o que elas te oferecem, qual irá atender melhor diante do seu objetivo (como por exemplo: camisetas para uniforme, brindes, presente, etc.).

Lembre-se que, além de escolher o tecido que mais te agrada, você deve também avaliar o tipo de impressão suportado por ele e se a mesma é viável para você (em relação ao custo x benefício, cores suportadas para impressão e outros critérios que citamos acima). Temos certeza que dessa forma você conseguirá desenvolver um bom material para suprir todas as suas expectativas.

E caso você tenha ficado com alguma dúvida sobre este assunto, basta comentar aqui nesse post que nós te esclareceremos, ok?

No mais, se quiser mais dicas sobre camisetas e estamparia, continue acompanhando o nosso blog e os próximos posts! Divulgamos diariamente muito conteúdo interessante para você, empreendedor ou consumidor final, ficar por dentro de tudo que acontece nesse mercado.

Te esperamos por aqui. Até a próxima!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta