dicas para criar camisetas personalizadas

Ferramentas para criar de graça camisetas personalizadas online

Se você tem desejo de trabalhar com estamparias, muito provavelmente já pensou a respeito da criação das estampas. Afinal: para que o trabalho seja bem executado e você atinja bom resultado, esse é um dos principais critérios. Mas o que você pode não saber é que, surpreendentemente é possível contar com ferramentas gratuitas para criação de camisetas personalizadas online.

E é sobre elas que falaremos aqui. Então se você deseja saber quais são, basta continuar a leitura!

Conheça as ferramentas gratuitas para camisetas personalizadas online

Não tem como negar que nos dias atuais existem tantos smartphones potentes que dificilmente precisamos ligar o PC para resolver alguma pendência. Entretanto, quando se trata de funções mais específicas (como é o caso da criação de camisetas), todo mundo já vai logo pensando que somente os softwares mais complexos de computador resolveria.

E é aí que você se engana! É possível criar camisetas personalizadas online através do seu smartphone com apps de fácil usabilidade. Veja abaixo quais são:

1 – Adobe Photoshop Express

O Photoshop já é bastante conhecido quando se trata de edição de artes gráficas, oferecendo diversas vantagens para os usuários. Arriscamos dizer inclusive que é praticamente impossível alguém que trabalha neste ramo não ter tido algum contato com a plataforma alguma vez na vida.

Já a versão Adobe Photoshop Express consegue ser ainda mais prático para a criação de camisetas personalizadas online, uma vez que você poderá utilizá-lo a partir de um único smartphone. E o melhor de tudo: é gratuito (em sua versão limitada).

2 – Snaptee

Diferente do Photoshop, que oferece diversas funcionalidades, o Snaptee é voltado apenas para a criação de camisetas online. Com isso, também é uma opção muito prática, simples e de fácil usabilidade para quem quer economizar tempo e/ou não tem conhecimentos avançados em outros softwares.

Então se você trabalha ou deseja trabalhar com estamparias, não tenha dúvidas que o Snaptee é uma boa opção para você.

3 – Desygner

Por fim, nossa última recomendação é o app Desygner e podemos falar? Ele não poderia deixar de estar nessa lista. Isso porque ele é considerado um dos apps para smartphone mais completos para gráficas, garantindo que o seu celular vire uma verdadeira estação de trabalho.

São várias funcionalidades para criação de artes e camisetas personalizadas e o melhor de tudo isso: gratuito. Experimente!

E aí, gostou das nossas recomendações de apps para criação de camisetas personalizadas online? Esperamos que sim! Agora é hora de escolher sua opção favorita e realizar o download.

Conte-nos aqui nos comentários quais deles você já conhecia. Ah, e se porventura você tiver alguma dúvida sobre o assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, te esperamos por aqui em nossos próximos posts para mais dicas de camisetas e estamparia. Até a próxima!

tipos de tecido para estampar camisetas

Tecido para estampar camisetas: a melhor malha para cada tipo de impressão

Um dos principais critérios que você precisa avaliar na hora de confeccionar a sua camiseta personalizada é em relação ao tecido para estampar camisetas. Isso porque ele irá garantir a qualidade e durabilidade da peça, fatores que devem ser avaliados juntamente ao seu objetivo.

Mas afinal, será que você sabe escolher quais são as melhores malhas levando em conta cada tipo de impressão? E, antes disso, você sabe qual é o tipo de impressão que mais irá te atender? Pensando nessas questões resolvemos fazer um post para te ajudar a definir qual tecido para estampar camisetas é o ideal para você. Continue a leitura e confira!

Tipos de impressão para camisetas: serigrafia e sublimação

Antes de escolher qual é o tecido ideal, resolvemos te explicar sobre os tipos de impressão mais usados no mercado para que você possa entender as suas vantagens e quando eles são mais indicados, o que certamente ajudará na sua escolha. Veja só:

Serigrafia

Considerado um dos tipos de impressão mais utilizados para estampar camisetas, a serigrafia (também conhecida por silk screen) é uma técnica que utiliza várias telas vazadas para realizar a estampa no tecido.

Para que seja possível, é necessário utilizar várias telas, sendo uma correspondente a cada cor da estampa. Ou seja, se a estampa tiver cinco cores, você utilizará cinco telas diferente para a realização da estampa, podendo reaproveitá-las posteriormente.

É um processo que pode ser realizado de forma mecânica (por pessoas) ou por máquina (automática) e que pode ser aplicado não apenas em tecido, mas também em outros tipos de materiais, como: papel, borracha, madeira e vidro.

São vantagens da serigrafia:

  • Possibilidade de impressão em tecidos escuros;
  • Excelente custo x benefício, especialmente para pedidos de grande triagem;
  • Possibilidade de reaproveitamento de matriz;
  • É bastante flexível e permite a personalização de qualquer tipo de camiseta ou produtos em tecido

Já as desvantagens desse tipo de impressão são:

  • Não é indicado para estampas de muitas cores e detalhes;
  • Em alguns casos, a retícula da estampa pode acabar ficando grossa e prejudicar na qualidade da peça (especialmente se o processo tiver sido feito manualmente).

Sublimação

Já o tipo de impressão sublimação, que também é muito utilizado para camisetas de diversos fins e em diversos tecidos, acontece sem a necessidade de telas. Aqui o processo acontece com a utilização de papeis, tintas especiais e sublimática.

A sublimação funciona da seguinte forma: em um primeiro momento você deve realizar a impressão utilizando um papel, tintas especiais e sublimática. Em seguida, o papel será

prensado sobre o tecido em alta temperatura e pronto! A camiseta personalizada já estará pronta e poderá ser usada.

São vantagens da sublimação:

  • Há a possibilidade de impressão de estampas ricas em detalhes (como por exemplo: fotos e estampas de alta complexidade);
  • Processo bastante rápido (basta imprimir a matriz com tinta sublimática e prensar no tecido);
  • Pode ser escolhido para impressões em pequenas triagens.

Já como desvantagem do tipo de impressão sublimação podemos citar:

  • Não possibilidade de impressão em diversos tipos de tecido, limitando apenas para tecidos brancos e com, no mínimo, 80% de poliéster.

Tecido para estampar camisetas: veja quais são os principais e o tipo de impressão suportadotecidos para estampar

Como dissemos anteriormente, a impressão em sublimação só é possível em tecidos que apresentam 80% ou mais de poliéster e em cores brancas. No entanto, existem diversas opções de tecido que enquadram nessas condições.

Já a serigrafia (ou silk screen) acaba sendo mais democrático nesse sentido, aceitando diversas opções de tecidos e ainda tecidos de outras cores, inclusive na cor escura.

Veja abaixo quais são os tipos de tecido para estampar camisetas e suas características:

Malha Algodão

Esse é um dos tecidos para estampar camisetas que mais se destacam no que se diz respeito à qualidade e durabilidade. Portanto, vale ressaltar que este só é aceito para impressão por silk screen (ou serigrafia), já que é confeccionado com 100% algodão.

A malha de algodão está disponível em diversas espessuras (fios 24.1, 26.1, 28.1, 30.1, 40.1 e 50.1), sendo o algodão 30.1 o mais usado para camisetas personalizadas.

Além disso, vale ressaltar que o algodão pode ser encontrado com dois tipos de fios: cardados e penteados, possuindo cada um deles características específicas. Veja abaixo:

  • Malha de algodão fio 30.1 cardada: a malha cardada é considerada de qualidade inferior quando comparado ao fio penteado. E isso se justifica pelo fato de não passar pelo tratamento especial da penteadeira, na qual o principal objetivo é retirar as fibras curtas e evitar a formação de bolinhas no tecido (pilling) e/ou irregularidades do fio (neps). Por outro lado, o algodão 30.1 cardado ainda apresenta qualidade e durabilidade satisfatórios e é muito utilizado para: camiseta de eventos, brinde para empresas e presentes.
  • Malha de algodão fio 30.1 penteada: já o fio penteado possui um tratamento superior, uma vez que passa pelo processo da penteadeira em que as fibras curtas e toda a impureza do tecido possa ser eliminado. Assim, a malha fica muito mais resistente, durável, macia e com melhor aparência. Contudo, o seu preço tende a ser mais elevado e costuma ser muito utilizada para: camisetas com estampas diferenciadas e mundo da moda.

Malha PV (Malha Poliviscose)

Com composição 67% de poliéster e 33% de viscose, a malha PV possui um efeito mais lavado quando comparada às malhas 100% algodão. Por outro lado, oferece benefícios como: preço mais acessível, maciez, não há necessidade de passar, é mais resistente ao pilling (formação de bolinhas), é resistente e seca rápido.

Pode ser usada para impressões tanto em sublimação, quanto em serigrafia. Mas é bom lembrar que para impressão em sublimação é necessário que o tecido seja branco. É muito comum utilizar a malha Poliviscose para a confecção de: uniformes e camisetas escolares.

Helanca

A helanca é uma excelente opção para impressão em sublimação, uma vez que tem em sua composição fios sintéticos 100% poliéster. Dentre suas vantagens podemos citar: preço baixo, boa elasticidade, durabilidade e não amassa (não havendo assim a necessidade de passar). Esse tecido para estampar camisetas é muito utilizado para a confecção de abadás e camisetas para eventos.

Malha PP

Assim como a helanca, a malha PP é mais uma opção de tecido para impressão de camisetas que dá muito certo com a sublimação. Com composição 100% poliéster, a malha PP possui aspecto brilhante e acetinado, possibilidade para impressão em excelente qualidade gráfica, não amassa e é muito resistente e durável.

Dry Fit

O Dry Fit refere-se a um tecido muito utilizado para camisetas esportivas e de moda praia, uma vez que é criado a partir de fibras sintéticas que possibilitam a evaporação do suor e a não absorção de muita água.

Além disso, é um material leve, confortável e que consegue manter a temperatura do corpo regular, mesmo em dias quentes.

O Dry Fit está disponível em duas versões, são elas: dry poliéster e dry poliamida. No dry poliéster, o tecido é confeccionado com 100% de poliéster e possui características como: baixo custo, fator anti encolhimento e boa resistência para produtos químicos.

Já o dry poliamida é confeccionado com 100% de poliamida, um dos tecidos mais nobres do mercado têxtil, e suas principais características são: toque macio, leveza, resistência e seca rápido.

Piquet (Pólo)

A malha Piquet (também conhecida como Pólo) possui composição de 50% algodão e 50% poliéster, fazendo com que as fibras naturais (algodão) deem mais confortabilidade e frescor à peça, enquanto as fibras sintéticas do poliéster dão maior resistência e preço acessível.

Esse é um tecido para estampar camisetas muito utilizado para: uniformes profissionais e para camisas promocionais.

Malha PET

Esse é o tecido mais correto ecologicamente dessa lista. E a razão disso é que possui em sua composição algodão e embalagens PET, proporcionando excelente durabilidade e qualidade.

Neoprene

Por fim, o neoprene é mais um tecido que possui poliéster em sua composição e apresenta diversos benefícios como: alta flexibilidade, resistência, elasticidade e proteção térmica. Por isso, vem sendo muito utilizado para roupas de esporte aquático ou esportes em geral.

E aí, conseguiu compreender quais são os principais tipos de tecido para estampar camisetas e as suas principais características? Esperamos que sim! Agora é hora de avaliar, levando em consideração o que elas te oferecem, qual irá atender melhor diante do seu objetivo (como por exemplo: camisetas para uniforme, brindes, presente, etc.).

Lembre-se que, além de escolher o tecido que mais te agrada, você deve também avaliar o tipo de impressão suportado por ele e se a mesma é viável para você (em relação ao custo x benefício, cores suportadas para impressão e outros critérios que citamos acima). Temos certeza que dessa forma você conseguirá desenvolver um bom material para suprir todas as suas expectativas.

E caso você tenha ficado com alguma dúvida sobre este assunto, basta comentar aqui nesse post que nós te esclareceremos, ok?

No mais, se quiser mais dicas sobre camisetas e estamparia, continue acompanhando o nosso blog e os próximos posts! Divulgamos diariamente muito conteúdo interessante para você, empreendedor ou consumidor final, ficar por dentro de tudo que acontece nesse mercado.

Te esperamos por aqui. Até a próxima!

dicas para estamparia online

Estamparia online: 4 ferramentas para criar estampas personalizadas

Se você trabalha ou deseja trabalhar com estamparia online, certamente você já sabe que um dos fatores que mais influenciam na compra dos consumidores é a estampa do produto. Por isso, saber quais são as ferramentas mais utilizadas para a criação das estampas personalizadas é essencial para garantir o sucesso do seu negócio.

Mas afinal, você sabe quais essas ferramentas e a funcionalidade de cada uma delas? Para te ajudar com isso, separamos uma lista com as 4 principais para que você possa saber como criar estampas personalizadas e criativas para sua estamparia online. Veja a seguir.

4 ferramentas para quem tem estamparia online

Se você trabalha na área gráfica ou já tem uma estamparia online, muito provavelmente você já tem o hábito de usar algumas ferramentas digitais na sua rotina de trabalho. No entanto, algumas delas conseguem se sobressair quando o assunto é criação de estampas. Confira na lista abaixo quais são:

1 – CorelDraw

Essa é uma ferramenta bastante democrática, uma vez que é de fácil usabilidade e pode ser instalada em qualquer tipo de máquina, sem que seja necessário uma máquina muito potente. Além disso, usuários com o mínimo de conhecimento que seja com tecnologia conseguem se adaptar à interface para a criação de estampas personalizadas, bem como diversas outras funcionalidades que ele disponibiliza.

2 – Photoshop

Conhecido como um dos programas de edição mais conhecidos, o Photoshop possui uma interface organizada para facilitar o uso dos usuários que tenham desde pouco conhecimento com a ferramenta, até conhecimento mais avançado. Além disso, uma das suas principais funcionalidades é a possibilidade de criação de arte em camadas e em 3D, garantindo às estamparias online diversas possibilidades de estampas.

3 – Illustrator

Se você está procurando por uma ferramenta que permita o alto acabamento de imagens, certamente o Illustrator é a melhor opção. Isso porque ele possui diversas funcionalidades voltadas a edição e design de imagens que garantem um excelente resultado. No entanto, para a utilização correta do programa é recomendado que você já tenha algum conhecimento gráfico.

4 – Inkscape

Por fim, nossa última dica é o Inkscape. Trata-se de uma ferramenta gratuita e livre de edição de imagens vetoriais que promete facilidade e praticidade na criação de estampas criativas que podem ser salvas em diversos tamanhos e formatos sem que haja perda de qualidade.

E aí, qual(is) ferramenta(s) dessa lista você já conhecia e quais você irá implementar na rotina da sua estamparia online para garantir ainda mais profissionalismo? Conte-nos aqui nos comentários.

Ah, e se porventura você tiver alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de nos perguntar para que possamos esclarecer.

No mais, te esperamos por aqui em nossos próximos posts para mais dicas de estamparia e design. Até a próxima!

algodão fio 30.1

Algodão fio 30.1: quais são as características e nível de qualidade?

Quando se trata de camisetas personalizadas, é muito comum que as pessoas se questionem a respeito do material usado. Afinal, existem inúmeras opções de malhas e tecidos no mercado que se diferem em relação às suas características, preços e vantagens e é necessário que você defina qual é a mais indicada para o seu objetivo. Qual tecido escolher? Algodão? Poliéster? No caso do algodão, o algodão fio 30.1 é mesmo o mais indicado?

Enfim, pensando nas principais questões que causam dúvidas nos consumidores em relação aos tecidos das camisetas personalizadas, resolvemos reunir aqui algumas perguntas frequentes para esclarecimento. Esse assunto te interessa? Então vem com a gente e continue a leitura! 😊

Quais são os tipos de malha mais usado para camisetas personalizadas?

O primeiro passo a ser considerado na hora de escolher o tecido que deseja para a sua camiseta personalizada é em relação ao tipo de malha. Este pode ser: malha cardada, malha penteada, malha fria, helanca (ou cacharrel), polo tradicional, dry poliéster ou dry poliamida. Veja as principais características de cada uma delas:

  • Malha cardada: a malha cardada é tecida inteiramente com fios de algodão a fim de oferecer conforto e um toque agradável, além de permitir a troca de calor. Entretanto, por ter fibras mais curtas, ela pode ser mais propensa na formação bolinhas (pilling) e irregularidade (neps) com o passar do tempo. Com espessura do fio entre 24.1 a 28.1, a malha cardada é muito utilizada em camisetas para uniformes, eventos, cursos e brindes;
  • Malha penteada: assim como a malha cardada, a malha penteada é tecida com fios de algodão, sendo bastante confortável e com toque agradável. Porém, ela oferece ainda mais qualidade, maciez e conforto à peça por passar em um sistema penteado que retém as fibras curtas e impurezas, aumentando assim a sua durabilidade e resistência. É muito utilizada para camisetas em linhas especiais, uma vez que costuma ter um preço mais elevado do que a malha cardada, e a espessura do fio é, em sua maioria, algodão 30.1;
  • Malha fria: a malha fria é composta por viscose (67%) e poliéster (33%) e suas principais características são: não desbota, possui pouco fator de encolhimento, tem toque acetinado, pouca tendência ao pilling e grande durabilidade. É muito indicada para uniformes e é mais usada em épocas frias, já que, diferente da malha cardada, a malha fria não retém muito suor;
  • Cacharrel ou helanca: a cacharrel ou helanca possui baixo custo e é muito utilizada para a confecção de abadás e camisetas para eventos. A impressão ideal para esse tipo de malha é a sublimação;
  • Polo tradicional ou piquet PA: essa é uma malha muito utilizada para uniformes e eventos e tem em sua composição algodão (50%) e poliéster (50%). Dentre suas características, podemos destacar: alta durabilidade, boa aparência e baixo fator de encolhimento;
  • Dry poliéster: esse é um tipo de malha indicado para camisetas com fins esportivos. Afinal, a sua estrutura permite muito conforto mesmo durante atividades com alta transpiração e ainda é confortável, tem boa durabilidade e bom caimento.
  • Dry poliamida: o dry poliamida, assim como o dry poliéster, também é indicado para fins esportivos. Além de ser confortável e facilitar na transpiração, o dry poliamida ainda auxilia na movimentação e no rendimento do atleta, sendo considerada a melhor opção para essa finalidade.

E a composição da malha, como elas são?

Te contamos anteriormente quais são os principais tipos de malha disponíveis no mercado. Agora veja a seguir quais são as composições e suas características:

  • Fio 100% algodão: referem-se às malhas naturais e confortáveis, que permitem a transpiração natural do corpo humano;
  • Combinação de fios naturais e fios sintéticos: referem-se às malhas que possuem combinação de fios, por exemplo: fios naturais (algodão) e fios sintéticos (poliéster e viscose);
  • Malha ecológica: referem-se às malhas que mesclam fio 100% algodão com um fio sintético que é produzido a partir de reciclagem de garrafa pet. Suas principais características são: a maciez e o grande apelo à preservação do meio ambiente.

Em relação à espessura do fio de algodão, quais são as disponíveis e qual a diferença entre elas?

espessura do fio de algodão 30.1

Foto por Freepik

Veja abaixo as opções de espessura do fio de algodão disponíveis e as principais características que os diferem:

  • Fios 24.1, 26.1 e 28.1: é bom você ter em mente que, quanto menor a numeração do fio, mais grosso ele será. E isso significa que menor será a sua qualidade. Além disso, as malhas de algodão nessas espessuras não são encontradas na opção fio penteado, o que aumenta a probabilidade de bolinhas e irregularidades na peça, diminuindo assim a sua durabilidade;
  • Fio 30.1: essa é a melhor opção quando se trata de conforto, espessura e maciez e pode ser encontrada tanto na opção cardada, como na opção penteada (que garante maior durabilidade à peça). Com isso, é a melhor opção para a confecção de camisetas premium e com maior durabilidade;
  • Fios 40.1 e 50.1: ainda que possuam qualidade excelentes, os fios de algodão 40.1 e 50.1 podem acabar sendo transparentes, o que dificultam um pouco o seu uso e fazem com que eles sejam mais utilizados para peças como lingerie e roupas de cama.

Camiseta algodão fio 30.1: características e benefícios

Bom, como você pôde ver, quando se trata de tecidos para camisetas, existem realmente diversas opções disponíveis no mercado que se diferem em relação a sua qualidade, preço e durabilidade que precisam ser avaliadas de acordo com a sua necessidade.

Entretanto, uma das que mais se destacam e com certeza te deixará muito satisfeito(a) com o resultado é a camiseta algodão fio 30.1.

Aqui na Disque Camisetas a camiseta algodão fio 30.1 está disponível em duas versões. São elas: Camiseta Clássica Open End e Camiseta Premium, ambas com altíssima qualidade para lhe atender. Veja a seguir:

  • Camiseta algodão fio 30.1 clássica: a camiseta clássica refere-se a uma malha 100% algodão com espessura 30.1. Possui excelente qualidade, durabilidade, conforto e ainda dá sensação de frescor aos dias de temperaturas elevadas, entretanto, a camiseta algodão fio 30.1 clássica open end não possui tratamento da penteadeira, o que possibilita a presença de fibras curtas que aumentam a chance de bolinhas e irregularidades na peça.
  • Camiseta algodão fio 30.1 premium: já a camiseta de algodão fio 30.1 premium possui todos os benefícios encontrados na camiseta clássica: é confeccionada com tecido de alto padrão, é confortável, durável, dá sensação de frescor nos dias quentes e tem alto padrão para camisetas premium. Além disso ainda passa pelo processo de penteadeira, um processo que visa reduzir consideravelmente as fibras curtas da malha, aumentando assim sua resistência e conforto. Ou seja, para nós, essa é a melhor opção quando se trata de malha para camisetas personalizadas.

Qual é a melhor impressão para camisetas em algodão fio 30.1?

Em relação aos tipos de impressão, podemos perceber que existem diversas opções disponíveis no mercado que se diferenciam no que se diz respeito aos tecidos compatíveis, custo x benefício, durabilidade, entre outros.

Para as camisetas de algodão, o tipo de impressão mais adequado é a serigrafia (silk screen), que se refere a um processo de impressão realizado através de um estêncil em que a tinta é prensada por um pequeno cirvo até um substrato.

Dentre as vantagens dessa técnica de impressão podemos citar:

  • Fácil personalização;
  • Alta resistência e durabilidade;
  • Baixo custo, principalmente para altas triagens;
  • Pode ser impressa em tecidos escuros

Bom, como você pode perceber, existem diversas características que você deve avaliar na hora de escolher qual é o melhor tecido e tipo de impressão ideal para a sua camiseta personalizada. Lembre-se de se questionar sobre o seu objetivo com a camiseta: quanto você deseja investir? Qual a sua finalidade? É para uso em um evento específico ou para o dia a dia (como é o caso dos uniformes empresariais)? Todas essas respostas te ajudarão a definir se você precisa, de fato, de um material mais durável e de alta qualidade ou se um produto com bom custo x benefício (como as camisetas em helanca) te atenderá.

Se porventura um dos seus maiores desejos for garantir qualidade, resistência e durabilidade para o seu produto através de um material premium, não tenha dúvidas de que as camisetas em algodão fio 30.1 é a melhor opção disponível para você. Com ela você garante tudo o que há de melhor em camisetas personalizadas para que você possa usá-la diariamente, sem que a peça perca qualidade rapidamente. Temos certeza que você ficará muito satisfeito(a) com a aquisição.

No mais, esperamos que você possa ter compreendido os principais aspectos no que diz respeito o algodão fio 30.1. Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este tema, não deixe de comentar aqui que nós te esclarecemos.

Ah, e se quiser saber como a Disque Camisetas pode te auxiliar na aquisição de camisetas de qualidade para você ou para a sua empresa, basta clicar aqui para nos conhecer e entrar em contato conosco. Estamos à disposição!

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas sobre camisetas e estamparia. Te esperamos por aqui!

dicas camiseta para empresa

O que você precisa saber antes de comprar camiseta personalizada para empresa

Se você é empreendedor, certamente você já pensou em comprar camiseta personalizada para empresa. E vamos falar que essa é sem dúvidas umas das formas mais eficazes de dar visibilidade para a sua marca e ainda garantir padronização entre os colaboradores.

Porém, essa decisão não é tão simples quanto parece. Para garantir que a escolha das camisetas sejam de fato satisfatórias é necessário que você avalie alguns critérios. Veja a seguir quais são.

Como escolher camiseta personalizada para empresa

Durante a escolha das camisetas empresariais, avalie os critérios abaixo para garantir que você ficará satisfeito(a) e que o resultado irá suprir as suas expectativas:

1 – Preço

O primeiro passo que você deve levar em conta é em relação ao preço do produto. Entretanto, não considere apenas o fato da camiseta personalizada para empresa mais barata que você encontrar, pois esse não deve ser o seu único critério de escolha.

Até porque, ao comprar uma camiseta, o valor envolve não apenas o produto, mas sim um acoplado de questões, como: a camiseta, etiqueta, estampa, embalagem, impostos, taxa do cartão, forma de pagamento facilitada, entre outras coisas.

Então considere sim a camiseta que esteja dentro do preço que você está disposto(a) a pagar (o preço médio de uma camiseta personalizada fica em torno de R$ 35,00), mas não use esse como único critério de desempate pois existem outras questões determinantes que vão garantir a qualidade do material, como é o caso do tecido e estampa (falaremos a seguir).

2 – Tecido

Agora que você já sabe o que considerar em relação ao preço do material, é hora de definir qual será o seu tecido de preferência. E esse item costuma gerar uma dúvida maior aos consumidores.

Os dois tipos de tecido mais utilizados para camiseta personalizada para empresa são:

  • Poliéster: o poliéster é um tipo de tecido sintético muito utilizado para camisetas personalizadas através da sublimação. Sendo considerado menos confortável e de qualidade inferior quando relacionado ao algodão, o poliéster possui um custo inferior e é muito utilizado para camisetas que dispõem de uma durabilidade menor (como é o caso de camisetas para eventos rápidos e brindes);
  • Algodão: já o algodão apresenta qualidade superior e comanda a grande parte das camisetas personalizadas para empresas. Com diversos tipos existentes no mercado, as camisetas em algodão são mais confortáveis, duráveis e ideais para uso diário. A recomendação é que você opte pelo algodão de fio penteado por ser mais macio e sensível ao toque.

3 – Estampa

Por fim, você deve decidir-se em relação a estampa da camiseta personalizada para empresa. É importante se atentar a este detalhe, afinal, isso influenciará diretamente na qualidade do seu produto.

Para camisetas em poliéster, as estampas são feitas através da técnica de sublimação, enquanto as camisetas de algodão, podem ser feitas por silk digital ou serigrafia.

Ainda resta dúvida sobre qual opção decidir? Converse com a estamparia de sua confiança e peça sugestão sobre as opções disponíveis! E se quiser que esclareçamos algumas das informações ditas aqui, basta comentar nesse post.

No mais, continue acompanhando nosso blog para mais dicas de camisetas e estamparia. Te esperamos por aqui!

o que é silk screen

O que é silk e como deve ser usado em estamparia?

Com certeza absoluta você já ouviu falar no termo “estampa em silk screen”, correto? Por ser um dos métodos de impressões mais comuns, o silk é bem conhecido pela maioria das pessoas e está presente em todo lugar através de estampas de camisetas, posters, quadros, canecas…

Mas afinal, você sabe do que se trata, de fato, esse método de impressão, como ele deve ser usado e quais são os seus benefícios? Criamos esse post para te explicar tudo sobre o silk screen. Confira a seguir!

O que é silk?

O silk screen (que também é conhecido como serigrafia) refere-se a um processo de impressão. Ele pode ser realizado de forma manual, mecânica ou automática e consiste no vazamento da tinta por um rodo ao longo de uma tela (confeccionada por um náilon ou seda) que fica posicionada em um bastidor.

Ainda que seja um processo mais antigo, desenvolvido na China nos meados do século XVI, o silk é considerado o método de impressão mais utilizado em todo o mundo para a impressão de camisetas por proporcionar diversos benefícios e, além disso, ainda pode imprimir em diversos outros materiais, como: plástico, borracha, papel, madeira e vidro.

Quais são suas vantagens e desvantagens?

Falamos anteriormente que o silk oferece diversas vantagens. E aqui te apresentaremos quais são. Veja:

Vantagens do silk screen:

  • Possui excelente custo x benefício;
  • É fácil de manusear;
  • Aceita impressões em diversos tipos de texturas, como: tecidos, plástico, borracha, papel, madeira e vidro;
  • As telas podem ser reaproveitadas;
  • Impressão de altíssima durabilidade

Desvantagens do silk screen:

  • Não é recomendado para impressão de muitas cores;
  • É mais adequado e econômico para impressões em grande quantidade

Como funciona o processo?

Agora você já sabe do que se trata, quais são as vantagens e desvantagens do silk, certo? Então é hora de entender como funciona o processo e como ele pode te auxiliar na sua estamparia.

O processo da serigrafia (ou silk screen) inicia-se quando é definido o desenho da estampa. Este pode ser criado pelo designer em programas específicos (como o Illustrator ou Photoshop) ou enviado pronto pelo cliente.

Na etapa seguinte, os fotolitos (filmes transparentes utilizados como matriz na impressão de materiais gráficos) são impressos. Neste momento, atente-se à separação correta das cores, uma vez que isso influenciará diretamente no resultado da estampa.

Feito isso, é hora de gravar as matrizes (conhecidas como o quadro de madeira ou metal que possuem a tela de náilon ou seda que devem estar bem esticadas). Essa etapa consiste em passar uma emulsão fotossensível que, quando em contato com a fonte de luz UV, ela endurecerá nos locais onde não está o fotolito e revelará a arte criada.

Por fim, prepare o material onde a arte deverá ser estampada. Basta verificar o encaixe da matriz, realizar a mistura das cores e preparar os rodos. Em seguida, é só utilizar a matriz e o rodo no objeto (como é o caso da camiseta) e pronto! A estampa estará finalizada.

E aí, conseguiu compreender os principais processos que envolvem o silk screen? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com dúvidas em relação a este assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

Ah, e se quiser ficar por dentro de mais dicas e informações a respeito de camisetas e estamparias, basta continuar acompanhando o nosso blog! Até a próxima.

benefícios do transfer

Transfer: o que é e em quais tecidos usar?

Quando se trata de tipos de impressão para camisetas, um dos mais usados pelas estamparias é o transfer devido aos seus benefícios que vão desde o baixo investimento até a possibilidade de tingir tecidos de diversas tonalidades.

Mas afinal… Você sabe do que se trata esse tipo de impressão, quais são suas vantagens e desvantagens e em quais tecidos ele pode ser utilizado? É sobre isso que falaremos aqui! Confira a seguir.

O que é o transfer?

Transfer, que vem da abreviação de “transferência”, é uma técnica de impressão em que é possível transferir a imagem de um papel para a superfície de variados tecidos, como é o caso das camisetas.

Ele é considerado um dos métodos mais simples e baratos para quem deseja atuar neste segmento, podendo ser feito através da máquina ou até mesmo manualmente.

Para garantir sucesso e qualidade durante o processo, é importante ter em mente que antes de pensar na qualidade da tinta, você deve se atentar ao papel utilizado. Isso porque o papel, juntamente a película especial que o acompanha é quem são os responsáveis pela fixação da imagem no tecido, garantindo que a transferência será realizada com sucesso.

Como funciona?

sublimação

Exista – comunicação audiovisual

Como foi dito anteriormente, o processo de transfer é um dos mais simples e eficazes para a impressão de camisetas e tecidos em geral. Veja abaixo como funciona:

1ª etapa: é escolhida a imagem que será usada na impressão;

2ª etapa: é feito o processo de espelhamento da imagem, antes mesmo da impressão;

3ª etapa: a impressão será feita em um papel especial para esse tipo de impressão (transfer), podendo ser em impressora a jato ou laser;

4ª etapa: o tecido que será estampado é fixado na máquina de transferência. Lembre-se de colocá-lo bem rente à máquina para que não haja imperfeições no resultado;

5ª etapa: a máquina se fecha a fim de alcançar a temperatura ideal, necessária para a transferência da imagem;

6ª etapa: com a máquina resfriada, o papel é desgrudado do tecido;

7ª etapa: e pronto! O processo se encerra e a camisa já está pronta para ser utilizada.

Quais são as vantagens e desvantagens desse tipo de impressão?

Quando o processo é finalizado você poderá notar que o tecido não foi tingido, assim como acontece nos outros métodos de impressão. O que acontece nesse caso é a impressão da imagem para a camisa, inclusive fazendo com que a região da estampa fique mais “dura” do que o restante da camisa.

Entretanto, esse fator não é considerado uma vantagem ou desvantagem, e sim uma característica desse tipo de impressão.

Para que você saiba quais são as principais vantagens e desvantagens do transfer, nós separamos a lista abaixo:

Vantagens do Transfer

  • Não há quantidade mínima para estampar, podendo fazer quantas peças quiser;
  • Baixo investimento;
  • Pode ser utilizado em diferentes tecidos e de diferentes tonalidades;
  • Boa oportunidade de lucro para estamparias;
  • Além de tecido, o método também pode ser usado para estampar materiais como plásticos, azulejos, cerâmicas e borrachas.

Desvantagens do Transfer

  • A durabilidade da estampa não é muito longa;
  • As cores da estampa podem desbotar à medida que você lavar a peça.

Em quais tecidos o transfer pode ser usado?

Bom, se você gostou desse método de impressão e deseja saber quais tecidos podem ser utilizados, certamente você terá uma boa notícia!

Isso porque, diferente de outros métodos, como é o caso da sublimação que só pode ser feita em tecido poliéster de cores claras, o transfer é aceito em variados tipos de tecidos e cores (camisetas brancas, pretas, azuis e vermelhas recebem muito bem impressão por transferência).

E aí, conseguiu compreender do que se trata o transfer, suas vantagens e desvantagens? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de comentar aqui para que possamos esclarecê-la.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas sobre camisetas e estamparias. Nos vemos por aqui!

 

tipos de impressão camisetas

Quais são os tipos de impressão em camisetas e como escolher o mais adequado?

Se você pensa em personalizar camisetas, seja para o seu uso próprio, para sua empresa ou até mesmo para revenda, um dos principais fatores que você precisa levar em consideração é referente aos tipos de impressão. Isso porque dentre as opções mais utilizadas atualmente (sublimação e serigrafia), podemos perceber características próprias que fazem com que você precise escolher o que você mais espera do produto: durabilidade da estampa? Custo x benefício? Agilidade da entrega da peça?

Nós desenvolvemos esse post para te ajudar a entender quais são os tipos de impressão em camisetas e fazer com que sua escolha fique mais fácil e assertiva. Então se você tem interesse no assunto, basta continuar a leitura! 😉

Confira os tipos de impressão em camisetas

Como foi dito anteriormente, atualmente há dois tipos que se destacam quando o assunto é tipos de impressão em camisetas. Veja a seguir quais são:

Serigrafia (silk screen)

tipos de impressão - silk screen

Freepik

Exista – comunicação audiovisualA serigrafia, também conhecida como silk screen, refere-se à técnica que utiliza de telas vazadas para a estampa em tecido. Durante o processo, deverão ser utilizadas diferentes telas para cada cor presente na estampa.

Por exemplo: se a estampa tiver cinco cores, serão necessárias cinco telas diferentes para a realização do trabalho. Mas a boa notícia é que a tela poderá ser reutilizada posteriormente.

Para essa impressão, as tintas serão à base d’água e o processo pode ser aplicado não somente em tecido, mas também em outros materiais, como: papel, borracha, madeira e vidro.

O silk screen pode ser realizado por pessoas (mecânica) ou por máquinas (automática), sendo a segunda opção mais viável e a mais realizada pelas empresas, obtendo resultados de estampas mais fiéis à matriz.

São vantagens da serigrafia: possibilidade da utilização de tecidos escuros de algodão para a impressão e um bom custo x benefício, especialmente se você desejar estampar muitas unidades com uma mesma estampa.

Já as desvantagens dessa técnica podemos listar: não é um processo indicado para estampa de muitas cores ou detalhes e a retícula da estampa pode acabar ficando muito grossa, o que prejudica a qualidade da peça.

Sublimação

sublimação

EXISTA Comunicação Audiovisual

Já a sublimação é um método de impressão que não necessita de telas. Aqui todo o processo acontecerá através de papeis, tintas especiais e sublimática.

Veja como funciona: você imprime a ilustração em um papel utilizando tinta especial e sublimática e, em seguida, o papel será prensado em alta temperatura sobre o tecido, que deve ser branco e composto por, pelo menos, 80% de poliéster. Após esse procedimento, a peça estará pronta e já poderá ser usada.

São vantagens da sublimação: impressão rica em detalhes (sendo a melhor opção para quem deseja camisetas com fotografias e ilustrações complexas) e agilidade.

Já as desvantagens dessa técnica são: poder ser impressa apenas em tecidos brancos e com no mínimo 80% de poliéster.

Tipos de impressão: como escolher qual é melhor?

Bom, agora que você já sabe quais são os principais tipos de impressão de camisetas, é hora de escolher qual é o mais indicado para você. Nesse momento, o recomendado é que você avalie as suas necessidades e o que cada uma delas pode te oferecer para que a melhor decisão seja tomada, uma vez que não há uma resposta exata para essa pergunta.

Esperamos que tenhamos te ajudado! Mas se porventura você ainda tiver alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de comentar aqui para que possamos te esclarecer.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas sobre camisetas e estamparia. Te esperamos por aqui!

malha de algodão

Malha de algodão: como identificar a qualidade da malha?

Na hora de escolher a malha de algodão de qualidade, existem alguns fatores que precisam ser levados em consideração para uma escolha assertiva. Você sabe quais são? Separamos aqui uma lista que com certeza irá te ajudar. Confira!

Como escolher uma malha de algodão de qualidade

Confira a lista abaixo e saiba quais elementos você deve levar em consideração durante a escolha da sua malha para garantir que está fazendo uma boa escolha:

Origem da fibra

O primeiro passo para garantir qualidade e procedência da malha é definir a sua composição, sendo:

  • Natural: refere-se às fibras que são retiradas prontas da natureza, sendo de origem vegetal, animal ou mineral. Este é o caso do algodão, linho, juta, lã, seda e outros;
  • Artificial: refere-se ao uso de polímeros naturais modificados pela indústria, como acontece com o modal, viscose e acetato;
  • Sintética: refere-se à fibra que é retirada do petróleo e manipulada pela indústria, como a poliamida e o poliéster.

Como estamos falando da malha de algodão, a origem sempre será natural e as vantagens das fibras naturais são: conforto, maciez e durabilidade.

Tipos do algodão

Após escolher a fibra, temos um segundo passo que precisa ser analisado quando se trata da do algodão, referindo aos seus tipos. Veja quais são e suas principais características:

  • Egípcio: no algodão egípcio, as fibras são brancas, finas, muito longas e com alta resistência. Com produção no norte da África, ele possui grande suavidade e durabilidade e é muito utilizado para artigos de cama e mesa e para peças íntimas;
  • Pima: assim como o egípcio, esse tipo de algodão possui fibras muito longas, porém na cor creme. Com produção nos Estados Unidos, ele é muito utilizado em tecidos finos e em linhas de costura;
  • Upland ou anual: com fibras brancas, médias e extremamente macias, esse algodão é cultivado no cerrado brasileiro e é bastante versátil, podendo ser utilizado em jeans, malharia, tecidos de cama, mesa e banho e camisaria;
  • Reciclado: a malha de algodão reciclada é feita através do reaproveitamento de outros tipos de algodão através de um processo de trituramento e estreitamento para garantir que a espessura semelhante ao algodão tradicional. Assim, o algodão reciclado se torna um tecido único e artesanal resultado de uma mistura de cores e espessuras dos diferentes tecidos;
  • Orgânico: cultivado sem o uso de qualquer produto químico e com qualidade similar ao Upland, essa é uma nova alternativa do algodão normal. Além disso, o algodão orgânico é antialérgico e muito utilizado para peças de bebês.

Processamento do algodão

malha de algodao - dicas

O processamento influencia no resultado visto na malha.

Para que o algodão possa virar malha de algodão, ele precisará parrar por um processo que pode ser:

  • Penteado: é o processo em que o algodão passa por uma máquina penteadeira e as fibras curtas e impurezas podem ser retiradas, tornando o tecido mais limpo e resistente. Em consequência disso, a malha de algodão torna-se mais macia, confortável, durável e com menor encolhimento.
  • Cardado: diferente do penteado, a malha de algodão carcado não passa pelo tratamento da penteadeira e acaba ficando mais cru, com fibras curtas e maior propensão para a formação de bolinhas e irregularidades.

Número do fio

Bom, agora você já sabe que para definir o tipo da malha de algodão de qualidade você deve se atentar ao tipo e ao processamento do algodão. Mas e quanto ao número do fio? Você sabe qual é o melhor para você? Veja abaixo as principais características de cada um deles:

  • Fios 24.1, 26,1 e 28.1: quanto menor for a numeração do fio, mais grosso e de menor qualidade ele será. Além disso, eles possuem um encolhimento maior e são encontrados nas malhas cardadas (que não possuem tratamento da penteadeira). Esses fios são muito utilizados para uniformes e roupas que não necessitam de resistência ou durabilidade;
  • Fio 30.1: esse fio possui o equilíbrio ideal entre a espessura, conforto e maciez, além de garantir durabilidade e resistência à peça e por isso é considerado uma excelente opção para produção de camisetas premium;
  • Fios 40.1 e 50.1: apesar de ter excelente qualidade, os fios 40.1 e 50.1 podem ser um pouco transparentes e por isso são bastante utilizados para lingeries e roupas de cama.

E aí, conseguiu compreender quais são os passos necessários que você deve seguir na hora de escolher uma malha de algodão de qualidade? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

Ah, e se quiser saber mais a respeito dos nossos serviços, clique aqui e acesse o nosso site.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas e informações sobre camisetas e estamparia. Te esperamos por aqui!

algodão fio 30

Algodão fio 30: quais são as características desse tipo de malha?

Na hora de escolher a roupa, existem outros critérios que precisam ser avaliados além da estampa ou cor. E um dos mais importantes é a qualidade do tecido. Afinal, o tecido é essencial para garantir o bom caimento da peça e para que o produto atenda às suas expectativas. Um dos tecidos de maior qualidade e conforto é o algodão fio 30.

E é exatamente sobre este tipo de malha que iremos falar hoje. Assim você ficará por dentro das suas principais características e entenderá quais são benefícios desse tipo de malha. Confira a seguir.

Características da malha em algodão

algodão fio 30

Entre os tipos de tecido, podemos citar alguns que são muito utilizados para a fabricação de camisetas, como: poliéster, helanca, malha pp e algodão. Entre eles, o algodão é o que mais se destaca por se tratar de fibras naturais, ser mais elegante, reter mais o suor e garantir maior durabilidade e conforto à peça.

Entretanto, para que não haja desbotamento da peça com o tempo, o ideal é que o material seja de qualidade, por isso o mais indicado é o algodão fio 30, Veja abaixo quais são os tipos de algodão mais usados para camisas:

Algodão fio 24

A espessura do fio do algodão é o que vai indicar se a camiseta é ou não é de qualidade. As variações estão entre 24 e 30.1, conforme apresenta nesse texto. Ou seja: quanto maior for o número, maior será a sua qualidade.

O algodão fio 24 é fino e pouco durável. Normalmente é o utilizado para a confecção de camisetas comerciais em que é preciso produzir em grande escala com o custo mais baixo.

Algodão fio 30 cardada

Já o algodão fio 30 cardada, possui qualidade superior ao fio 24, além de ser mais confortável. Entretanto, ele não passa pelo mesmo tratamento do fio 30 penteado (o qual apresentaremos a seguir) e por isso é considerado com qualidade intermediária.

É muito procurado para camisetas de eventos, brindes empresariais, uniformes ou para quem procura um produto de qualidade, mas que seja mais em conta.

Algodão fio 30 penteado

Por fim, o algodão fio 30 penteado possui uma qualidade bastante superior quando comparado às outras malhas tendo em vista que ele passa por uma penteadeira que retira as impurezas e as fibras mais curtas (justificando assim o seu nome: algodão fio 30 penteado).

As fibras curtas, quando não retiradas (o que acontece nos outros tipos de algodão), acaba provocando maior formação de pilling (conhecido como aquelas bolinhas que aparecem no algodão com o passar do tempo) e neps (que são os defeitos na regularidade dos fios).

Ou seja, isso faz do algodão fio 30 penteado muito mais resistente, durável e de qualidade superior quando comparado aos outros tipos de malha.

No entanto, para definir qual tipo de algodão é o mais indicado para você, é necessário avaliar qual é a sua necessidade e valor que você deseja investir. Somente assim você chegará a uma conclusão.

Esperamos que você tenha compreendido as principais características sobre o algodão fio 30. Caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas de estamparia como essa. Até a próxima!