Posts

camiseta lisa

Onde encontrar boas camisetas lisas para estampar?

Onde encontrar boas camisetas lisas para estampar?

O começo de uma estamparia não é fácil. Exige bom planejamento e estratégia. Além disso, é preciso decidir como vai estampar suas camisetas lisas, em qual tecido, qual modelo e quem vai fornecer o material ideal.

Por conta de tudo isso, vamos te mostrar nesse artigo como você pode encontrar boas camisetas para estampar e começar com tudo.

Para que isso seja possível, veja agora:

  • O que considerar na hora de escolher camisetas lisas para estampar;
  • Como escolher um bom fornecedor;
  • Onde encontrar as melhores camisetas para sua estamparia.

O que considerar na hora de escolher camisetas lisas

Camisetas lisas para estampar, veja onde pode encontrá-las.

Camiseta lisa para estampar. Foto: Pexels / Sebastian Stam

Em primeiro lugar, quando montar sua estamparia, você precisa considerar algumas coisas na hora de escolher camisetas lisas.

Para facilitar o seu trabalho, separamos o que é essencial e que você não deve deixar para trás. Neste sentido, veja o que levar em consideração:

  • Técnica de estamparia
  • Tipo de tecido
  • Modelo de camiseta

Vamos explicar um pouco sobre cada um desses itens. Caso você queira saber mais a respeito de cada um, aqui no blog já falamos sobre esses assuntos!

Qual será a sua técnica usada para estampar

Em resumo, existem 5 técnicas mais comuns quando pensamos em como estampar camisetas lisas. Cada uma dessas técnicas possui suas características e é ideal para um tipo e cor de camisetas. Por isso, fique atento aos detalhes:

  1. Bordado. Mesmo que não seja uma forma de estampar, o bordado é muito usado para customizar camisetas. Ele pode ser artesanal tanto quanto industrial. Além disso, o tecido de algodão é mais recomendado para ser bordado.
  2. Estamparia Laser. Nesse processo, a máquina ‘queima’ o tecido e assim produz a estampa. Apesar de ser bastante precisa, essa técnica só permite estampas de uma cor, o que a faz ser pouco usada.
  3. Estamparia Digital Direta. Também conhecida como DGT, essa técnica é mais cara mas permite a impressão de muitas cores. Ela é bastante usada para estampar fotos e imagens com grande número de detalhes. Usa-se essa técnica em tecidos de algodão de qualquer cor.
  4. Serigrafia. É a técnica mais comum. Em suma, para estampar com serigrafia você precisa de uma tela, um quadro, luz ultravioleta e tela para cada cor. Por meio de um processo de pressão fotossensível, a estampa passa para as camisetas lisas. Neste tipo de técnica, quanto mais camisetas forem feitas, mais barato ele fica. É ideal para tecidos em algodão, de cores variadas. Além disso, para cada cor, é necessário um tipo de tela diferente. Por isso, acaba sendo usado em estampas com menos cores.
  5. Sublimação. Como essa técnica é barata e fácil de ser feita, tem larga demanda. É ideal para tecidos sintéticos que sejam 100% poliéster. Ademais, não desgasta com o tempo e permite técnicas de full print.

Tipo de tecido

Qual será o tipo de tecido que você precisa estampar?

Qual é o tipo de tecido que você precisa estampar? Foto: Pexels / Antwoinette Ayers

Assim como existem vários tipos de técnicas, também temos diversos tipos de tecidos. E, na hora de escolher o melhor, você precisa considerar o tipo de máquina que possui.

Nesse sentido, antes de escolher seu fornecedor, lembre-se de cruzar as informações entre tipo de tecido e tipo de técnica que pretende usar. Ademais, você deve considerar, ainda, qual é a finalidade da sua camiseta. Mas, sobre isso, falaremos daqui a pouco.

Agora, vamos te mostrar quais são os tipos de tecido mais comuns para estampar:

Algodão

Sem dúvida, a malha 100% algodão é a mais comum para estampar. Uma malha de algodão pode ser de 3 tipos: fios cardados, fios penteados e estonado. Cada uma tem funções e usos diferentes, mas, em geral, você consegue estampá-las com quase todos os tipos de técnicas, exceto a sublimação.

Piquet

Também conhecida como polo, tem na sua composição 50% algodão e 50% poliéster. Com isso, ela é bastante prática e resistente. Além disso, é bastante usada para confecção de uniformes profissionais.

Poliviscose (PV)

Esse tecido é 67% poliéster e 33% algodão. Por isso, é bastante leve e barato. Já pode ser usado para sublimação, apesar de não ser o mais recomendado. Ademais, uniformes escolares geralmente são feitos com esse tecido.

Helanca

É, com toda certeza, o tecido ideal para sublimação. Isso porque é 100% poliéster, bastante resistente e barato. Na indústria, esse tecido é usado para estampar camisetas lisas de blocos de carnaval e de grandes eventos.

Dry fit

Em suma, é um tipo de tecido sintético, bem leve, que não absorve água. Por conta disso, é usado para produção de material esportivo. Sendo estampado, em geral, por meio de sublimação. Além disso, possui duas variações: pode ser de poliéster ou de poliamina.

Modelos de camisetas lisas

Existem muitos modelos de camisetas lisas para estampar.

O modelo e camiseta de manga curta com gola careca é o mais popular. Foto: Pexels / Cristian Benavides

Na hora de encontrar camisetas lisas de qualidade para estampar, o modelo delas também é importante. Por isso mesmo, é bom conhecer algumas opções que você tem disponível.

De modo geral, os modelos estão divididos em 4 categorias: manga, gola, corpo e tamanho. Mas, é claro que essas categorias se juntam no momento da escolha. Aliás, como você pode ver pela descrição da nossa última foto, o modelo está usando uma camiseta de manga curta com gola careca.

Veja agora, o que é essencial para saber na hora de escolher o modelo de camisetas lisas ideal:

  • Manga: você pode escolher entre camisetas sem manga, no estilo regatinha, com manga curta ou ainda com manga longa. Nesse sentido, basta pensar na finalidade da sua camiseta: se for para praticar esportes, melhor é uma camiseta sem manga, por exemplo.
  • Gola: aqui existe uma infinidade de tipos. Mas, em resumo, podemos citar: careca (mais popular), gola em U, gola em V, gola portuguesa e gola polo. Novamente, cada tipo tem uma função diferente. A gola careca e a polo são usadas, por exemplo, em ambientes mais formais. Enquanto que a gola em U é para situações informais.
  • Corpo: essa característica diz respeito às diferentes costuras que uma camiseta pode ter. Por exemplo, camisetas femininas costumam ser mais acinturadas, enquanto que as masculinas são retas.
  • Tamanho: no que diz respeito a essa característica, cada marca possui sua própria forma de determinar os tamanhos. No entanto, dentro de sua linha, geralmente os tamanhos variam em 2 ou 3 centímetros de um para o outro.

Para saber mais sobre os detalhes de cada característica, clique aqui.

Qual é a finalidade da sua camiseta

Antes de mais nada, você precisa definir a finalidade da sua camiseta. Por mais que já falamos bastante sobre as técnicas de estamparia, tipos de tecido e modelos de camiseta, saber para o que se destina a camiseta é essencial.

Afinal, você não pode usar um tecido de helanca para fazer uma camiseta de gola polo que será usada por advogados. Isso será bem estranho.

Por isso, conheça bem o seu produto e público alvo, depois escolha o tipo certo de camiseta lisa para estampar.

Dito isto, vamos escolher um bom fornecedor?

Como escolher um bom fornecedor para camisetas lisas?

Escolher um bom fornecedor é essencial para garantir a qualidade de suas camisetas lisas para estampar.

Jovem com uma camiseta lisa. Foto: Pexels: Cottonbro

Depois de tudo o que falamos, para escolher um bom fornecedor, você precisa se fazer as seguintes questões:

  1. Para qual atividade as camisetas serão usadas? Será para prática de esportes, para uniformes ou usado em grandes eventos, por exemplo.
  2. Qual é meu público alvo? Vendedores de loja, atletas, fãs de séries, jogos ou filmes.
  3. O produto tem qual finalidade? Será vendido em um e-commerce de produtos exclusivos, entregue como brinde de evento, usado para divulgação?

Antes de decidir por um fornecedor, você deve ter essas perguntas em mente e deve saber para o que vai usar as camisetas. Além disso, essas questões também são importantes para definir a técnica de estamparia e tipo de tecido. Por isso, não deixe de fazer isso.

Onde encontrar um fornecedor de qualidade para camisetas lisas?

Por fim, o mais importante. Depois que você tiver definido tudo o que já falamos acima, surge o momento crucial de sua estamparia: escolher um bom fornecedor para camisetas lisas.

Esse passo é o que vai determinar a qualidade do seu produto. Por isso, não economize ou espere por milagres.

Escolha logo um fornecedor que te garante:

  • Qualidade sempre igual.
  • Que seja confiável e tenha bastante tempo de mercado.
  • Que possa repor, rapidamente, o seu estoque.
  • Com grande variedade de cores, modelos, tamanhos e tipos de tecido.
  • Que esteja disponível para solucionar suas dúvidas.

Diante disso, nada melhor do que confiar na Disque Camisetas para fornecer camisetas lisas de alta qualidade a preço justo. Vale a pena conferir o catálogo que a fábrica oferece. Ali você vai encontrar camisetas de diferentes tecidos e para várias ocasiões. Ademais, você pode entrar em contato com a empresa para tirar dúvidas sobre os materiais e o processo de compra.

Além de comprar um produto com excelente qualidade, você também vai investir na sua marca. Afinal, seu cliente ficará muito satisfeito ao adquirir uma camiseta que não estraga nas primeiras lavagens, não é mesmo?

Antes de ir, deixe seu comentário para a gente. Dessa forma, podemos continuar a produzir conteúdos que realmente resolvam suas dúvidas sobre o universo das camisetas!

tipos de tecido para estamapar

Quais são os melhores tipos de tecido para estampar?

Quais são os melhores tipos de tecido para estampar?

Com certeza, você já deve ter visto a etiqueta de uma camiseta com as informações sobre o tecido: 100% poliéster, 50% algodão e 50% poliéster. Esses números identificam os diversos tipos de tecido usados pela indústria. Mas, você sabe o nome desses tecidos? Para o que são usados? E quais os melhores para estampar?

Para que fique mais fácil responder a essas perguntas, vamos te mostrar os tipos de tecido mais comuns e para o que eles servem.

Tipos de tecido

De antemão, os tipos de tecido mais comuns e que funcionam melhor para estampar: algodão, piquet, PV (poliviscose), helanca e dryfit. Apesar da lã e cetim também serem tecidos que aparecem bastante no vestuário, eles não são bons para fazer estampas, portanto, os deixamos de fora da lista.

O algodão é um dos melhores tipos de tecido para estampar.

Mulher vestindo uma camiseta de algodão penteado. Foto: Pexels/Cottombro

Algodão

Certamente, a malha 100% algodão é a mais comum para estampar. Desse modo, encontramos 3 opções no mercado, cada uma com suas próprias características.

  1. Fios cardados: malha mais simples, menos tratada e, por isso, mais barata. Pode ficar com bolinhas logo nas primeiras lavagens. Em suma, costuma ser usada para fazer camisetas de brindes e eventos.
  2. Fios penteados: nesse tipo de malha, o algodão é “penteado” e passa por um processo que deixa o tecido mais macio e regular. Por causa de todo o processo, se torna mais caro que o fio cardado. É provável que esta seja a malha mais usada para fazer estampas. Ele está presente em vários estilos de moda.
  3. Estonado: nessa opção, o tecido de algodão passa por processos químicos e físicos para ter aparência de desgaste. Sendo assim, é empregado pela indústria da moda em geral.
O Piquet é um dos tipos de tecido mais comuns.

Homem vestindo camiseta pólo. Foto: Pexels/Salah Amrani

Piquet (polo)

Esse tecido tem composição de 50 % de algodão e 50% de poliéster. Nesse sentido, o algodão dá a sensação de conforto enquanto que o poliéster garante mais resistência ao produto. Os uniformes profissionais de empresas costumam ser com esse tipo de tecido.

Malha PV

A malha PV ou poliviscose, é composta por 67% de poliéster e 33% de algodão. Como é um material leve e barato, é bastante usado em uniformes escolares.

Em eventos, é comum usar o tecido de helanca para fazer camisetas estampadas.

O tecido de helanca usado em camisetas de eventos. Foto: Unsplash/Roman Synkevych

Helanca

De antemão, esse é o tipo de tecido ideal para estampar por meio de sublimação. Isso porque é composto por 100% de poliéster. A helanca tem emprego em abadás e camisetas de eventos.

Dry Fit

É um tecido sintético que não absorve água e facilita a evaporação de suor. Nesse sentido, ele costuma aparecer em material esportivo. Pode ser feito de poliéster ou de poliamina.

Estamparia: como escolher os tipos de tecido?

Para escolher o tipo de tecido, fique atento à atividade onde a peça será usada e também ao maquinário que você tem disponível para estampar. O algodão, por exemplo, não pode ser estampado pelo processo de sublimação. Por isso, tenha atenção com esses detalhes.

Se quiser saber mais sobre quais tipos de tecido são adequados para estampar em cada método, confira nosso texto sobre as 5 formas de estampar uma camiseta branca.

Ademais, vale ainda conhecer os modelos de camisetas mais usados pela estamparia.

Antes de ir, comente aqui o que você achou do nosso conteúdo.