tipos de tecido para estamapar

Quais são os melhores tipos de tecido para estampar?

Quais são os melhores tipos de tecido para estampar?

Com certeza, você já deve ter visto a etiqueta de uma camiseta com as informações sobre o tecido: 100% poliéster, 50% algodão e 50% poliéster. Esses números identificam os diversos tipos de tecido usados pela indústria. Mas, você sabe o nome desses tecidos? Para o que são usados? E quais os melhores para estampar?

Para que fique mais fácil responder a essas perguntas, vamos te mostrar os tipos de tecido mais comuns e para o que eles servem.

Tipos de tecido

De antemão, os tipos de tecido mais comuns e que funcionam melhor para estampar: algodão, piquet, PV (poliviscose), helanca e dryfit. Apesar da lã e cetim também serem tecidos que aparecem bastante no vestuário, eles não são bons para fazer estampas, portanto, os deixamos de fora da lista.

O algodão é um dos melhores tipos de tecido para estampar.

Mulher vestindo uma camiseta de algodão penteado. Foto: Pexels/Cottombro

Algodão

Certamente, a malha 100% algodão é a mais comum para estampar. Desse modo, encontramos 3 opções no mercado, cada uma com suas próprias características.

  1. Fios cardados: malha mais simples, menos tratada e, por isso, mais barata. Pode ficar com bolinhas logo nas primeiras lavagens. Em suma, costuma ser usada para fazer camisetas de brindes e eventos.
  2. Fios penteados: nesse tipo de malha, o algodão é “penteado” e passa por um processo que deixa o tecido mais macio e regular. Por causa de todo o processo, se torna mais caro que o fio cardado. É provável que esta seja a malha mais usada para fazer estampas. Ele está presente em vários estilos de moda.
  3. Estonado: nessa opção, o tecido de algodão passa por processos químicos e físicos para ter aparência de desgaste. Sendo assim, é empregado pela indústria da moda em geral.
O Piquet é um dos tipos de tecido mais comuns.

Homem vestindo camiseta pólo. Foto: Pexels/Salah Amrani

Piquet (polo)

Esse tecido tem composição de 50 % de algodão e 50% de poliéster. Nesse sentido, o algodão dá a sensação de conforto enquanto que o poliéster garante mais resistência ao produto. Os uniformes profissionais de empresas costumam ser com esse tipo de tecido.

Malha PV

A malha PV ou poliviscose, é composta por 67% de poliéster e 33% de algodão. Como é um material leve e barato, é bastante usado em uniformes escolares.

Em eventos, é comum usar o tecido de helanca para fazer camisetas estampadas.

O tecido de helanca usado em camisetas de eventos. Foto: Unsplash/Roman Synkevych

Helanca

De antemão, esse é o tipo de tecido ideal para estampar por meio de sublimação. Isso porque é composto por 100% de poliéster. A helanca tem emprego em abadás e camisetas de eventos.

Dry Fit

É um tecido sintético que não absorve água e facilita a evaporação de suor. Nesse sentido, ele costuma aparecer em material esportivo. Pode ser feito de poliéster ou de poliamina.

Estamparia: como escolher os tipos de tecido?

Para escolher o tipo de tecido, fique atento à atividade onde a peça será usada e também ao maquinário que você tem disponível para estampar. O algodão, por exemplo, não pode ser estampado pelo processo de sublimação. Por isso, tenha atenção com esses detalhes.

Se quiser saber mais sobre quais tipos de tecido são adequados para estampar em cada método, confira nosso texto sobre as 5 formas de estampar uma camiseta branca.

Ademais, vale ainda conhecer os modelos de camisetas mais usados pela estamparia.

Antes de ir, comente aqui o que você achou do nosso conteúdo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta