vendas online de camisetas

Vendas online de camisetas: por onde começar?

O comércio online cada vez mais vem ganhando força, e nos últimos anos, não só pelo advento da pandemia como também a mudança da rotina e estilo de vida da maioria de nós, nos tornando mais tecnológicos e práticos. Um dos motivos também é o custo menor de operação, visto que não envolve aluguel e alguns outros gastos. Pensando nisso, muitas pessoas têm pensado em fazer vendas online de camisetas, mas não sabem por onde começar.

Para ajudar nesse processo, evitar possíveis complicações e listar os principais passos, organizamos este pequeno guia para iniciar suas vendas online de camisetas, confira: 

Por onde começar as vendas online de camisetas?

vendas online

Saiba como realizar vendas online de camisetas. | Imagem: Freepik

Os pontos principais que devem ser observados para começar a vender suas camisetas online com segurança são:

  • Tenha o seu planejamento: Planeje como será seu trabalho e como dividirá cada demanda, principalmente se no início toda a operação for por sua conta, para que nenhuma parte importante da empresa seja deixada para trás (desde as burocracias essenciais, como documentações, até mesmo o atendimento ao cliente);
  • Realize pesquisas, mas não foque na concorrência: Fazer pesquisas de outras lojas de vendas online de camisetas é ideal para verificar preços, o que as lojas oferecem, estruturas de e-commerce, etc., mas não se prenda a concorrência como modelo a seguir, inove e tenha como principal diferencial a originalidade não só das peças como de estratégia
  • Planeje como sua loja funcionará: Terá chat em tempo real? Terá e-mail de atendimento? Será uma loja com produtos “geek”? Terá a possibilidade de encomendar estampas personalizadas? Tudo isto deve ser visto antes da operacionalização começar a rodar, para que as ações necessárias que colocam todas as funcionalidades em ação sejam garantidas;
  • Invista em redes sociais: As redes sociais farão o seu e-commerce de vendas online de camisetas serem mais vistos e alcançarem mais pessoas, logo, invista nelas e em uma identidade visual;
  • INPI: Caso queira realmente profissionalizar sua marca e expandir o negócio, é interessante registrar sua marca antes que seja impedido de usar o nome que escolheu, pois caso alguém registre antes de você, mesmo que use há muito tempo, não terá direito de uso sob ele.

Quais as vantagens de vender camisetas online?

Há muitas vantagens em investir em vendas online de camisetas, algumas delas são:

  • Trabalhar em casa ou remotamente;
  • Investimento menor com possibilidade de bons ganhos;
  • Chances de alcançar milhares de pessoas;
  • Poder seguir a moda e os lançamentos;
  • Datas comemorativas e campanhas, etc.

Enfim, as vendas online de camisetas abre uma incrível gama de possibilidades para quem irá começar no ramo, sendo um investimento baixo, e o retorno podendo ser grande, além da facilidade de escalar o seu negócio.

Esperamos que você tenha entendido as principais questões sobre as vendas online de camisetas, como e por onde começar e as perguntas mais frequentes sobre o assunto, caso tenha ficado com alguma dúvida, fale conosco nos comentários, que nós vamos te ajudar!

Para saber mais novidades sobre o mundo da estamparia, técnicas e avanços na área, acompanhe nosso blog!

 

agência de marketing para estamparia

Agência de marketing: vale a pena contratar uma para sua loja ou estamparia?

Muitas vezes, ao iniciarem uma marca, ou até mesmo depois de alguns meses de operação de uma loja ou estamparia, os empresários ainda não estão certos se devem continuar eles mesmos gerindo o marketing da empresa ou contratar mão de obra especializada, como é o caso da agência de marketing. É sobre isso que iremos conversar hoje, em uma reflexão leve e rápida! Confira:

Vale a pena contratar uma agência de marketing para a sua loja ou estamparia?

De forma unânime e direta, sim, vale a pena! A alma de um negócio é o marketing. A expansão, a volta dos clientes e a vinda de novos depende de que este setor esteja em pleno funcionamento, e principalmente, que alguém especializado na área faça as campanhas e planejamentos da melhor forma.

Uma agência conta com diversos especialistas: redator, gestor de tráfego, suporte, designer, etc. Cada um deles terá uma demanda específica a respeito do seu negócio, o que garante que, com mais de uma mente envolvida neste processo criativo, suas vendas e a imagem de sua estamparia estejam em boas mãos, além de receberem olhares multidisciplinares, obtendo feedbacks do que deve continuar e o que pode mudar para a expansão do negócio.

O que uma agência pode fazer pela minha estamparia?

vantagens agência de marketing

Saiba quais são as vantagens de contratar uma agência de marketing para sua estamparia. | Imagem: Freepik

  • Alimentar as redes sociais e um blog ou site com conteúdos originais para não só atrair mais clientes como comunicar um pouco da cultura da empresa e da marca;
  • Entregar métricas; ao final de cada campanha ou mês, sobre a aceitação, crescimento da marca, o que pode melhorar e o que foi bem sucedido nas campanhas;
  • Gerenciar campanhas de tráfego pago ou promocionais; segmentando de forma profissional o público para melhor utilizar o investimento,
  • Suporte ao cliente, repassando as demandas de redes sociais diversas a um canal único de comunicação da estamparia (por exemplo: se chegam demandas através do Facebook, direct do Instagram, o suporte da agência pode repassar todas estas demandas enviando-as para um e-mail unificado da empresa, para que o atendimento se inicie por lá e tudo fique registrado em um só lugar para melhor organização da estamparia e segurança do cliente)
  • Design para arte de redes sociais e identidade visual da estamparia;
  • SEO para que a estamparia seja encontrada como uma das primeiras opções dos buscadores, etc.

Quais são as vantagens em contratar uma agência de marketing para a minha estamparia ou loja?

Dentre as inúmeras vantagens que podemos citar, algumas são:

  • Mais tempo para focar em prioridades ou outras tarefas, como as burocracias da empresa e resoluções de questões de outras áreas que não devem ser deixadas de lado, garantindo que a empresa como um todo estará rodando,
  • Resultados mais robustos e feedbacks de como a marca e empresa tem sido vista, pelo olhar de um profissional habilitado;
  • Mais qualidade com custo menor, sem margens de erros na hora de realizar campanhas, tráfego pago e demais ações de marketing;
  • Segmentação e atração dos clientes certos, etc.

Enfim, ter a frente da comunicação de uma empresa uma agência de marketing garante que especialistas estejam cuidando do setor, trazendo contatos qualificados e planejando ações que realmente convertam em  resultados para a empresa.

Esperamos que você tenha entendido as principais questões sobre a importância das agências de marketing a frente das serigrafias e estamparias, as características e o que envolve o trabalho de uma agência e as perguntas mais frequentes sobre o assunto, caso tenha ficado com alguma dúvida, fale conosco nos comentários, que nós vamos te ajudar!

Para saber mais novidades sobre o mundo da serigrafia, técnicas e avanços na área, acompanhe nosso blog!

criar marca de roupa

Criar marca de roupa: veja o passo a passo para criar sua marca de camisetas

Para quem está buscando um negócio lucrativo para empreender, precisamos dizer que o ramo de camisetas e estamparia é uma excelente opção. Isso porque é bastante abrangente, estando presente em todos os guarda-roupas (femininos, masculinos e infantis) e é muito rentável. No entanto, criar uma marca de roupa exige muita atenção e cautela.

E foi pensando nisso que criamos o post de hoje: para te ajudar a compreender quais são os passos necessários a serem tomados para criar sua marca de roupa e ter sucesso no ramo de estamparia. Se interessou? Continue a leitura e confira!

Saiba como criar marca de roupa em 4 passos

Como dissemos anteriormente, criar sua própria marca de camisetas é uma excelente opção para quem deseja empreender com boa lucratividade. Porém, para obter sucesso no processo, é importante tomar alguns cuidados. Alguns deles são referentes aos passos necessários para a criação da marca. Confira a seguir:

1º passo – Escolha o nome da sua marca de roupa

Bom, este é o primeiro passo para toda e qualquer empresa que está prestes a inaugurar. E já adiantamos: embora pareça fácil, muitas vezes é bastante complicado definir o nome da sua empresa. Afinal de contas, o nome ficará para sempre e você precisa ter certeza da sua decisão.

Vale dizer que será o nome que vai chamar atenção do seu público ao seu negócio e ainda é ele quem fará os consumidores lembrarem do seu negócio. portanto, nunca crie um nome igual ou semelhante a uma marca já existente ou defina na correria, ok?

Faça uma pesquisa de mercado, pense bastante e dedique o tempo necessário até que você fique satisfeito com a sua decisão. E não se esqueça que neste momento é indispensável fazer uma pesquisa no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual) para verificar a disponibilidade do nome e se possível já realizar o registro, somente assim você garante que o nome será de sua autoria.

Dica extra: o ideal é que seja um nome curto e de fácil pronúncia. Isso contribuirá para que os consumidores consigam memorizá-lo com facilidade e, quando combinado a uma boa identidade visual, faça com que sua marca seja reconhecida no mercado.

2º passo – Crie sua identidade visual

Com o nome definido, é hora então de criar a sua identidade visual. Neste momento é bom levar em conta que se trata de uma marca de roupa, ou seja, você precisa passar credibilidade e segurança na sua identidade visual para que os clientes confiem em você em relação à criação de estampas personalizadas.

Então nada de criar um logotipo amador, hein? Capriche muito e faça com que sua marca seja única e impactante! Assim ela poderá ser reconhecida pelos seus consumidores com facilidade.

Vale dizer que a identidade visual pode agregar, além do logo:

  • Logotipo;
  • Site;
  • Etiquetas e tags;
  • Cartão de visitas;
  • Fachadas (em caso de lojas físicas);
  • Layout de e-mail;
  • Capas e posts para redes sociais;
  • Panfletos;
  • Embalagens para envios;
  • Entre outros.

3º passo – Encontre os fornecedores

marca de roupa

Encontre fornecedores para sua marca de roupa. | Imagem: Freepik

Agora você já possui nome e identidade visual e já está quase tudo pronto para sua marca de roupa sair do papel. Mas nada disso será possível caso você não tenha bons parceiros ao seu lado. Por isso, busque referências no mercado de profissionais atacadistas que poderão lhe oferecer camisetas de qualidade e preço justo para garantir a produção das peças e contate-os.

Neste momento é necessário ter muita atenção. Isso porque caso você opte por um fornecedor sem qualidade, automaticamente o seu trabalho também será prejudicado e junto dele a sua reputação. Então analise com carinho e se possível veja todas as opções disponíveis para certificar-se de que está fazendo uma boa escolha.

4º passo – Defina o plano de divulgação da marca de roupa

Chegando ao 4º passo você já possui basicamente toda a estrutura necessária para a abertura da sua marca de roupa. Agora você precisará, além de definir como será feita a impressão (por conta própria ou terceirizada), definir o plano de divulgação da marca de roupa, pois é isso que fará com que sua empresa seja conhecida pelo seu público-alvo e comece a realizar vendas.

Em caso de lojas online, uma boa estratégia é utilizar das redes sociais. Elas são vistas como uma vitrine e contribuirão bastante para a sua divulgação, seja por meio do tráfego pago ou orgânico.

Conclusão

É isso! Esperamos que você tenha conseguido compreender quais são os 4 passos essenciais para a abertura de uma marca de roupa. Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, não deixe de comentar aqui que nós te esclarecemos.

Ah, e se você quiser recomendação de um fornecedor de excelente qualidade para sua marca, não deixe de acessar o nosso site para certificar-se de tudo que a Disque Camisetas pode fazer por você!

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas e informações sobre camisetas e estamparia como essa. Nos vemos por aqui!

como definir público-alvo

Como definir público-alvo para estamparias?

Você sabe o que é público-alvo e como esse conceito pode interferir diretamente no sucesso do seu negócio? Pensando nisso, preparamos um post completo para esclarecer algumas dúvidas e ajudá-lo a definir, de maneira certeira, qual o público-alvo da sua estamparia. Acompanhe!

O conceito de público-alvo

O público-alvo, ou mercado-alvo, nada mais é do que um conjunto de pessoas com características similares ao qual um negócio está direcionado. 

Vale ressaltar que o público-alvo não configura, necessariamente, o montante de clientes que irá de fato adquirir um produto ou serviço oferecido pela empresa. Esse é um conceito de caráter muito mais geral. 

Em vez disso, podemos dizer que essa será a parcela de pessoas que possuem uma maior pré-disposição a fecharem um contrato com você. Assim, é necessário que suas estratégias e campanhas de marketing estejam alinhadas a esse grupo.

Afinal, que sentido há em criar anúncios para atingir mulheres da terceira idade, por exemplo, se a sua loja de camisetas produz abadás para festas universitárias? Nenhum, pois o público-alvo de seus produtos não contempla essa faixa etária!

Por isso, preparamos algumas dicas valiosas para auxiliá-lo.  Confira a seguir!

Como definir o público-alvo

1# Entenda o mercado

Primeiramente, é preciso que você analise o mercado em que está inserido. Para isso, coloque-se no lugar de seus consumidores e busque entender quais são suas preferências e necessidades. 

Além disso, procure investigar como é a atuação da concorrência. Qual o diferencial deles? Quais pontos podem ser melhorados? Como são elaborados seus anúncios? Quais os principais canais de comunicação que utilizam?

Por fim, esteja por dentro das tendências atuais, acompanhe os noticiários, visite exposições, feiras de negócios entre outros. Isso o ajudará a manter-se atualizado e a descobrir novos jeitos de atrair outros consumidores.

2# Faça pesquisas

Não se guie pelo que você “acha” que é o melhor a se fazer. Lembre-se que, para obter um resultado preciso, é importante ter dados reais, de clientes reais

Nesse sentido, os questinários e formulários online são ótimas ferramentas. Abuse de sites como o Typeform, Google Forms e Survey Monkey para conseguir resultados ainda mais efetivos. 

Outra opção é buscar dados provenientes dos institutos de pesquisas. O Serasa Experian e o IBGE, por exemplo, contam com uma grande base de dados que ajudarão a entender e traçar melhor o perfil de seus consumidores. 

3# Delimite seu público

Sabe aquele ditado que diz que não podemos “abraçar o mundo”? Pois bem, ele também se aplica às estratégias de marketing!

Um dos principais erros na elaboração de uma campanha é o de tentar atingir o maior número de pessoas possível. Ao tentar fazer isso, você corre o risco de acabar não agradando a quase ninguém.

Ademais, quando se sabe exatamente para onde “mirar”, as chances de acertar o alvo são muito maiores. Portanto, procure adotar critérios específicos para delimitar seu público, como os elencados a seguir:

  • Demográfico: Gênero; Idade; Renda; Nível de educação; Estado civil.
  • Geográfico: em qual região seus clientes moram?
  • Tipo de consumidor: o produto que você vende é destinado a pessoas físicas ou jurídicas?
  • Geração: a qual geração a maioria de seus consumidores pertence? Geração X, Millenial, Z ou Baby Boomer?
  • Ciclo de vida: seu público é predominantemente casado ou solteiro? Já possui filhos, netos? 

Levando em consideração todos esses aspectos, com certeza será muito mais fácil de definir o público-alvo de sua estamparia! Esperamos que tenha aproveitado as dicas e que continue acompanhando nossos posts

 

KPI

O que é KPI e como ele pode te ajudar a lucrar mais em 2021

O KPI, ou Key Performance Indicator, é um recurso extremamente útil para os gestores de qualquer negócio. Quer descobrir o porquê e como ele pode ajudá-lo a lucrar mais neste ano? Então confira nosso post. Boa leitura!

O que é KPI?

Em tradução livre para o Português, a sigla KPI significa Indicador-Chave de Performance e tem como principal finalidade avaliar o desempenho de uma empresa. 

Ao utilizá-lo, o gestor consegue mensurar se os objetivos traçados pela equipe estão, de fato, sendo atingidos. Dessa forma, é possível analisar quais as melhores medidas e decisões a serem tomadas para chegar aos resultados desejados.

O melhor é que essa é uma ferramenta que pode ser utilizada por qualquer tipo de empresa, não importando o seu porte. Mas, para que realmente funcione, é necessário considerar as especificidades de cada negócio antes de escolher quais os tipos de KPIs serão implementados.

A seguir, elencamos alguns dos principais pontos que devem ser levados em consideração na hora de  fixar metas e estabelecer os indicadores de desempenho.

Como definir os KPIs?

O método SMART é um dos melhores e mais utilizados atualmente para auxiliar na criação de KPIs.

Advinda do inglês, essa é uma palavra composta por cinco terminologias importantes: S (specific/específico), M (measurable/mensurável), A (attainable/atingível), R (relevant/relevante), T (time based/temporal).

Nesse sentido, o primeiro ponto a ser considerado para definir um objetivo é que ele seja específico. Por isso, nada de ideias muito gerais. Em vez de fixar uma meta baseada apenas em “aumentar o lucro da empresa”, tente ser mais claro e menos genérico, por exemplo “aumentar o lucro em 15% através do site da empresa”. 

Além disso, a meta precisa ser mensurável por meio dos KPIs. Nesse sentido, ao elaborá-la, é importante ter em mente qual é o resultado almejado e qual o período de tempo que levará para ser atingido. 

Vale ressaltar que de nada adianta que a meta seja específica e mensurável, mas inalcançável. Assim, é necessário que o planejamento seja feito de forma realista, buscando propor objetivos atingíveis. Aqui, sugerimos analisar com cuidado a parte financeira da empresa e ouvir com atenção a opinião da equipe. 

A relevância também é uma questão muito importante. Ela poderá reduzir a motivação dos funcionários caso percebam que não há sentido em se esforçarem para alcançá-la.

Por fim, o aspecto temporal deve ser considerado. Isso porque, utilizando-o, será muito mais fácil de averiguar resultados e, se necessário, propor melhorias e realizar ajustes no plano estratégico.

De que forma o KPI pode me ajudar a lucrar mais?

Quando se tem um conhecimento preciso sobre quais são as áreas de uma empresa que necessitam de melhorias, as tomadas de decisões se tornam muito mais fáceis. 

Com a implementação dos KPIs, torna-se possível avaliar, a partir de dados reais, quais são os passos necessários para atingir o sucesso de um negócio e lucrar mais. 

Pode-se trabalhar com metas que condizem com a situação atual do mercado, otimizar processos, entender melhor o contexto financeiro da empresa e, consequentemente, reduzir gastos sobressalentes, além de muitas outras vantagens.

Agora que você já sabe da importância de implantar KPIs para melhorar a gestão de uma empresa, por que não começar hoje mesmo a colocá-los em prática?

Não deixe de ler nossos outros posts para mais dicas de empreendedorismo e planejamento financeiro

micro-momentos

Micro-momentos: saiba o que são e o impacto deles para seus clientes

As estratégias de marketing são um ponto-chave para ajudar a alavancar qualquer negócio. Assim, para alcançar os resultados desejados, é preciso estar antenado nas tendências e novidades que surgem nessa área. Dentro desse contexto, estão os micro-momentos.

Você sabe o que significa esse termo e como usá-lo para impactar seus clientes? Acompanhe o post a seguir para entender melhor sobre esse tema!

O que são micro-momentos?

Com o crescente acesso à informação, o processo de compra do consumidor mudou. Diferentemente de décadas atrás, as pessoas têm pesquisado, cada vez mais, sobre um produto ou serviço antes de adquiri-lo.

De acordo com o Google, durante os períodos de busca até a decisão de realmente comprar algo, é que estão situados os micro-momentos.

Tais micro-momentos ocorrem, em sua grande maioria, através dos smartphones. Isso porque esses aparelhos são práticos e acompanham seus usuários durante todo o dia. Além disso, ajudam, de forma bastante ágil, a resolver as necessidades específicas que surgem instantaneamente.

As etapas que compreendem os micro-momentos foram divididas em quatro categorias, são elas:

– Eu quero saber
– Eu quero ir
– Eu quero fazer
– Eu quero comprar

1. Eu quero saber

Essa é a etapa em que o consumidor está buscando por informações. Geralmente, esse momento é motivado por uma curiosidade, um desejo de saber mais sobre um determinado assunto.

Assim, sites e blogs que trazem informações e conteúdos bem elaborados podem atrair as pessoas com maior facilidade.

2. Eu quero ir

Aqui o consumidor manifesta a vontade de se deslocar a algum lugar. Um exemplo disso é quando busca-se saber a localização de uma loja ou serviço. Desse modo, plataformas e aplicativos que oferecem tais dados conseguem tirar grande vantagem desse micro-momento.

3. Eu quero fazer

Como o próprio nome já diz, é aquele em que o usuário procura formas de aprender a fazer algo. Sites e vídeos com tutoriais são os mais procurados pelos indivíduos que estão nesse micro-momento.

4. Eu quero comprar

É nessa fase que o consumidor manifesta, de fato, o desejo de compra. Assim, suas buscas estarão direcionadas a itens ou serviços específicos, por exemplo: “notebook 15 polegadas preço”.

Como utilizar os micro-momentos a fim de impactar meus clientes?

Primeiramente, é preciso entender quais as principais características do seu público-alvo. Dessa forma, será mais fácil criar conteúdos e campanhas que os atraiam.

Ferramentas como o Google Search Console podem ser grandes aliadas. Isso porque elas são capazes de gerar relatórios que indicam em que tipos de pesquisas seu site ou blog costuma aparecer com mais frequência.

Esteja ativo nas redes sociais. Um bom conteúdo e uma taxa de resposta rápida podem ajudar e muito na decisão do cliente ao fechar uma compra.

Otimize suas páginas para que funcionem com a mesma qualidade tanto em smartphones quanto em desktops. Para isso, melhore a velocidade de carregamento das páginas, o design e a disposição dos textos.

Que tal colocar hoje mesmo essas dicas em prática e obter ainda mais sucesso em seu negócio?

Não deixe de acompanhar outros posts sobre marketing e vendas em nosso blog! Até logo!

 

estampas de camisetas

Estampas de camisetas: principais tendências para 2021

As estampas de camisetas podem ser interpretadas como uma forma democrática de expor ideias e garantir sua personalidade nas ruas. Além disso, elas permitem incluir pessoas em grupos sociais de interesses comuns, como fãs de uma banda, por exemplo.

Não importa qual seja a estampa, ela será sempre a parte mais importante do seu look. Por isso, ela merece uma atenção especial na hora das comprinhas no shopping.

Tudo que está ligado à moda quase sempre segue uma tendência. Por conta disso, são estabelecidos conceitos e looks que praticamente todas as marcas de roupas acabam aderindo à sua produção.

Ou seja, não temos como escapar dela! Mas podemos adquirir peças de diferentes tendências e criar um visual que condiz com nossa personalidade. Para isso, confira as tendências de estampas de camisetas que vão bombar em 2021!

Flores 

Não é de hoje que as estampas florais têm um espaço especial garantido no mundo da moda. No decorrer de 2021, não será diferente! Nas camisetas, as flores aparecem em uma proposta mais realista, em tamanhos grandes e com tons mais terrosos. Ainda, é possível combiná-las com desenhos de folhagens para criar uma peça descolada e atual.

estampas de camisetas

Fonte: Freepik

 

Listras

Queridinhas por muitos, as peças listradas casam bem com qualquer tipo de ocasião, desde um evento mais formal até uma saidinha no fim de semana com os amigos. Por esse motivo, as listras também marcarão presença nas estampas de camisetas deste ano.

Mas, dessa vez, elas aparecerão de um jeito diferente do qual estamos acostumados. Em 2021, as mais variadas padronagens e estilos ganharão espaço nas vitrines.

 

estampas de camisetas

Fonte: Pexel

Tie dye

Figurinha carimbada em muitos guarda-roupas desde o ano passado, o tie dye continuará em alta em 2021. Esse estilo, bastante popularizado nos anos 70, conquistou o coração de diversas pessoas, por ser versátil e facilmente reproduzido em casa.

estampas de camisetas

Fonte: Rawpixel

Patchwork

Quem aí não se lembra das antigas colchas de retalhos produzidas pelas tias e avós? Pois é, essa técnica conquistou seu lugar no mundo da moda e está com tudo nas estampas de camisetas em 2021!

Além de remeter a um estilo mais vintage,patchwork valoriza a peça e traz originalidade aos looks. É possível fazer diversas combinações com estampas que imitam os mais variados tipos de tecido.

estampas de camisetas

Fonte: Rawpixel

Animal print

O animal print será uma ótima pedida para estampar as camisetas em 2021. Apesar de a oncinha tradicional seguir bastante em voga, as estampas de zebra e píton aparecerão entre as principais tendências.

Formas geométricas

As estampas com formas geométricas também farão muito sucesso este ano. A aposta em diferentes formatos como triângulos, quadrados, hexágonos e afins promete deixar os looks com bastante estilo e uma pegada mais urbana.

Esse é o momento perfeito para soltar a imaginação e criar estampas incríveis, como já dissemos aqui.

estampas de camisetas

Fonte: Rawpixels

 

E aí, qual(is) dessas tendências você vai aderir para a sua produção de camisetas? Conte-nos nos comentários!


Não deixe de acompanhar os próximos posts!

 

Cores de camisetas

Cores de camisetas: veja quais são as melhores cores para 2021

Que tal ficar por dentro das tendências deste ano e descobrir quais cores de camisetas estarão em alta nas passarelas e vitrines das grandes marcas? Não deixe de conferir o conteúdo que preparamos para você a seguir!

Um dos principais fatores responsáveis por guiar estilistas e marcas na produção de suas coleções são as cores. A cada ano, a Pantone Color Institute elege um ou mais tons que ditarão as tendências no mundo da moda, da beleza e até mesmo da arquitetura.

Criada em meados dos anos 60, a Pantone é referência no assunto e conta com uma equipe especializada e tecnologias de ponta desenvolvidas para reproduzir e selecionar as cores consideradas ideais.

Chega de suspense!

Devido à pandemia causada pelo corona vírus, muito se especulou sobre qual ou quais seriam as tonalidades escolhidas. Isso porque, segundo Nick Bazarian, gerente sênior de produtos da Pantone, “a cor do ano é uma declaração de como o mundo está se sentindo”.

Assim, o grupo de experts escolheu duas cores que marcarão o ano de 2021: PANTONE 17-5104 Ultimate Gray (cinza) + PANTONE 13-0647 Illuminating (amarelo).

Para a diretora executiva da Pantone, Leatrice Eiseman “A união do resiliente Ultimate Gray com o amarelo vibrante Illuminating expressa uma mensagem de positividade apoiada pela força e moral. Prático e sólido como uma rocha, ao mesmo tempo caloroso e otimista, esta é uma união de cores que nos passa resiliência e esperança (…)”.

Cores de camisetas

Fonte: Pexel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além do Pantone…

Os tons pastel também marcarão uma forte presença entre as cores de camisetas. Entre eles, destacamos as tonalidades mais leves, como o rosa e o  azul.

Cores de camisetas

Fonte: Pexel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outra tendência que será sucesso no ano de 2021 são os tons terrosos. Por isso, vale a pena investir em camisetas com cores como o terracota, o amarelo queimado e o marrom.

Cores de camisetas

Fonte: Pexel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Camisetas com essas cores podem ser usadas tanto para criar um look mais sério e sóbrio, quanto para compor um visual despojado com algumas estampas.

O verde também tem presença confirmada entre as tendências deste ano. Entre as principais tonalidades, o destaque vai para o menta e o oliva.

Cores de camisetas

Fonte: Pexel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cores de camisetas para o outono/inverno 2021

Além da Pantone, a WGSN, em parceria com a Coloro, também possui um time de experts em prever as tendências do mundo da moda.

De acordo com as duas agências, 5 tons terão destaque nas coleções de outono/inverno em 2021. A intenção, ao optar pelas seguintes cores, é transmitir sensações como calma, conforto e energia. Sentimentos esses que o mundo necessita diante dos tempos de pandemia que vem enfrentando.

A primeira delas, é o Golden Harvest, que foi fruto de uma mistura entre tons de bege, cru e amarelo.  A Bloodstone, em contrapartida, é uma cor mais marcante, resultado da junção do vermelho e marrom.

Para quem curte preto, o tom Dark Springs é uma boa pedida para as cores de camisetas. É um tom de preto, mas com o verde de subtom. O A.I. Acqua, como o nome já diz, é um azul que lembra a natureza. Por fim, o Eletric Magenta é um tom avermelhado que remete às frutas silvestres.

E aí? Curtiu as cores de camisetas que serão tendências neste ano? Que tal combiná-las com algumas estampas que fazem sucesso e vendem muito?

 

aumentar faturamento

Saiba como aumentar o faturamento da sua loja vendendo camisetas!

Uma das principais coisas que pensamos ao abrir um negócio são os ganhos financeiros que poderemos ter. Entretanto, nem sempre essa é uma tarefa fácil. Por isso, listamos algumas dicas que podem te ajudar e muito a aumentar o faturamento da sua loja vendendo camisetas. Boa leitura!

Faturamento e lucro são a mesma coisa?

Primeiramente, precisamos entender que faturamento e lucro são dois conceitos diferentes. O faturamento diz respeito a tudo o que a empresa vende em um determinado período de tempo. Nessa perspectiva, se sua loja vendeu 10 camisetas por R$ 100,00 em um mês, o faturamento será de R$ 1000,00.

Já o lucro tem a ver com o montante que a empresa tem disponível em caixa após a dedução de todas as despesas e impostos. Assim sendo, se a loja teve um faturamento de R$1000,00, mas teve de arcar com R$ 400,00 em despesas, seu lucro será de R$ 600,00.

Como aumentar o faturamento?

1- Preze pela qualidade dos produtos

De nada adianta ter um ótimo estoque de camisetas e um preço bom se a qualidade do material é ruim ou inferior ao da concorrência. Lembre-se que a qualidade está diretamente associada ao número de vendas e à imagem da empresa.

Por isso, procure os melhores fornecedores e estude qual o tecido ideal as camisetas em que pretende investir. Nesse post, você encontrará dicas que podem ajudá-lo a entender quais são as melhores malhas para cada tipo de impressão.

2- Aposte em um bom atendimento

Ninguém gosta de ter uma experiência ruim ao fazer uma compra. Nesse sentido, vale a pena apostar em um bom atendimento. A esse respeito, não falamos apenas sobre simpatia ou cortesia por parte dos vendedores.

É preciso que a equipe esteja bem treinada e saiba orientar o cliente. Oferecer informações sobre o produto, sanar as dúvidas e entender as necessidades do consumidor são pontos essenciais para prestar um atendimento diferenciado.

3- Invista nas técnicas de marketing

Atualmente não faltam ferramentas para auxiliar na divulgação de produtos e serviços. Entre as melhores estratégias, estão aquelas ligadas às mídias digitais.

As redes sociais, como Instagram e Facebook, por exemplo, são uma ótima pedida para quem quer divulgar seu negócio de camisetas. Isso porque é possível atingir um grande número de possíveis consumidores sem precisar desembolsar muito.

Porém, lembre-se de atualizá-las com frequência e produzir um conteúdo de qualidade para chamar a atenção de clientes em potencial.

4-Faça pesquisas de mercado

Fazer boas pesquisas de mercado é primordial para aumentar o faturamento da sua loja. Saber qual é o público que você pretende atingir, qual o tipo de camisetas que o interessa e quais as tendências que estão em alta são alguns dos principais pontos para guiar seu negócio.

Afinal, o mercado desse segmento é grande e é preciso que você se destaque para que também consiga conquistar seu espaço!

E, então, que tal colocar todas as dicas em prática e aumentar o faturamento da sua loja de camisetas? Não espere para começar!

Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário! Até o próximo post!

como funciona whatsapp comercial

WhatsApp comercial: saiba como criar uma conta e usar o catálogo de produtos

Você já conhece o WhatsApp comercial? Essa versão do app de mensagens é voltada para o público empreendedor com o intuito de ajudar na divulgação do negócio e das vendas online. Ele é gratuito, fácil de instalar e de usar e inclui diversas funcionalidades específicas para os empreendedores.

E dentre essas funcionalidades, uma das que mais se destacam é a disponibilização de catálogo de produtos. Mas afinal, você sabe como criar sua conta no WhatsApp comercial e como usar a função de catálogos? É sobre isso que falaremos nesse post. Confira a seguir!

1º passo: Como criar uma conta no WhatsApp comercial

Para criar sua conta no WhatsApp Business é bem fácil e rápido, sendo bastante semelhante à versão principal do aplicativo. Basta seguir o passo a passo a seguir:

  1. Abra o Google Play ou App Store;
  2. Localize o aplicativo WhatsApp Business e abra o aplicativo;
  3. Ao abrir pela primeira vez, toque no botão “Concordar e continuar”;
  4. Dê permissão ao app que acesse seus contatos, fotos e arquivos;
  5. Em seguida, insira o número de telefone que você deseja utilizar no WhatsApp comercial. Lembre-se que este precisa ser um número válido, já que ele precisará ser validado;
  6. Após o processo de validação, sua conta estará criada e pronta para ser usada!

Com a conta criada, você pode configurar suas opções de nome, foto de perfil, incluir seu endereço, site, descrição, e-mail e outras informações importantes da empresa. Basta que você crie o seu perfil comercial, assim como o próprio aplicativo irá te sugerir.

Dicas sobre whatsapp comercial

Como criar conta e catálogo no WhatsApp comercial. | Imagem: Super Abril

2º passo: Como usar o catálogo no WhatsApp comercial

Após criar e configurar sua conta, você irá notar que o app disponibiliza de algumas funcionalidades para os empreendedores, sendo uma das principais a utilização de catálogos. Para configurar o catálogo do WhatsApp comercial, basta seguir os passos abaixo:

  1. Abra as “Configurações” do app e vá em “Configurações da empresa”;
  2. Em seguida, abra a opção “Catálogo” e clique em “Adicionar produto ou serviço”. Se porventura já tiver algum produto cadastrado, você deve clicar no botão “+”;
  3. Irá abrir uma tela onde você deverá incluir seu produto ou serviço. Toque em adicionar imagens para incluir as imagens relacionadas;
  4. Feito isso, inclua também o nome do produto ou serviço ao clicar em Nome do produto ou serviço e o preço ao clicar em Preço R$;
  5. Caso queira adicionar mais informações sobre o produto ou serviço, basta clicar em “Mais campos” e você poderá adicionar informações como descrição, detalhes, código de barras, links e outros;
  6. Feito isso, clique em salvar e pronto! Seu produto ou serviço está configurado e estará visível em seu catálogo.
  7. Para adicionar outros produtos ou serviços no catálogo, basta repetir o passo a passo listado acima.

Com o catálogo criado, saiba que você poderá compartilhá-lo com seus contatos, selecionando apenas o produto ou serviço que você deseja encaminhar. Para isso, você precisará abrir o perfil da empresa pelo WhatsApp comercial, acessar a opção “Ver tudo” que fica próxima ao catálogo, ir ao produto ou serviço que deseja compartilhar e, em seguida, clicar no ícone “Encaminhar”. Aí é só selecionar qual é o contato ou grupo que você deseja enviar o item selecionado e clicar em “Enviar”. Simples, né?

Bom, esperamos que você tenha conseguido compreender quais são os passos para realizar a criação da conta e do catálogo pelo WhatsApp comercial. Mas caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, se quiser mais dicas sobre empreendedorismo e marketing digital para seu negócio, continue de olho em nosso blog e acompanhe! Até a próxima.